Fim de semana terá oficina de desprincesamento no Sesc Ipiranga

Redação - O Estado de S.Paulo

Iniciativa debate os estereótipos enfrentados pelas garotas

Oficina debate estereótipos enfrentados pelas meninas

Oficina debate estereótipos enfrentados pelas meninas Foto: Pixabay / @congerdesign

Dois anos após chegar ao Brasil, a oficina de desprincesamento fará atividade no Sesc Ipiranga neste fim de semana. Oriunda do Chile, a iniciativa pretende colocar em discussão os diversos estereótipos que as meninas enfrentam.

"O desprincesamento é a tentativa de revelar e transformar os discursos acerca da identidade, da estética, do papel social, das relações afetivas e liberdade individual da mulher brasileira no cenário atual", diz a descrição da oficina na página do Sesc.

A iniciativa é comandada por Larissa Gandolfo, mestra em filosofia da educação, e Mariana Desimone, jornalista. Elas trouxeram a ideia para o Brasil a partir de uma iniciativa criada pelo Escritório de Proteção de Direitos da Infância do Chile.

A oficina se contrapõe a outra proposta, a Escola de Princesas. Fundada inicialmente em Uberlândia, ensina meninas desde os valores de uma princesa como, por exemplo, humildade, solidariedade e bondade, até como arrumar o cabelo e se maquiar, além de regras de etiqueta, de culinária e de como organizar a casa.

"Nossa ideia é mostrar que a mulher tem muito mais a oferecer do que só ser bonita e cuidar bem da casa. Se ela quer fazer isso, não tem problema nenhum. O que queremos é que ela tenha escolhas", disse Mariana.

A oficina de desprincesamento ocorrerá neste sábado, 17, no Galpão do Sesc Ipiranga, das 14h30 às 16h30. Entrada gratuita.

Gostou da ideia e quer saber como foi a primeira aula da oficina de desprincesamento? Confira aqui.