Oficina de 'desprincesamento' chega a São Paulo

- O Estado de S.Paulo

Meninas de 9 a 15 anos terão aulas e debates sobre autoimagem e autodefesa, entre outros temas

  

   Foto: Reprodução/Pixabay

Em reação à Escola de Princesas, que pretende ensinar etiqueta, culinária e organização da casa a meninas, a jornalista Mariana Desimone e a filósofa e pedagoga Larissa Gandolfo decidiram trazer a Oficina de 'Desprincesamento' a São Paulo. "Nós não estamos mais na Europa do século XVIII", justifica Mariana.

O tema cor-de-rosa, as coroas e o ensinamento de valores e atividades 'de menina' como dicas de cabelo, maquiagem e organização da casa da Escola de Princesas causaram revolta em muitos. "A gente precisava fazer algo concreto para mudar", explica a jornalista. E assim surgiu a ideia de trazer para o Brasil os ensinamentos da oficina de 'desprincesamento' oferecida no Chile pelo Escritório de Proteção de Direitos da Infância. Lá, a ideia é empoderar meninas de 9 a 15 anos por meio de debates e aulas práticas.

Treinadas pelos profissionais chilenos, Mariana e Larissa e outras profissionais vão propor debates e atividades práticas sobre autoimagem, autodefesa, o que é ser menina e outros assuntos. Além disso, vão conversar com os pais das garotas sobre como oferecer um ambiente saudável para que elas possam crescer confiantes, felizes e saudáveis.

A oficina será realizada na Prakriti Yoga, em São Caetano do Sul (Av. Presidente Kennedy, 2207, São Caetano do Sul, SP), nos dias 04/12, 10/12 e 11/12, sempre das 14h às 18h. Os pais participarão apenas do útlimo dia. O valor da matrícula é de R$ 70 e inclui coffee break, material impresso e diploma.

Para mais informações, clique aqui