‘O certo era seguir o desfile’, diz mãe de modelo que morreu

Gabriela Marçal - O Estado de S.Paulo

Heloisa Cotta comentou post em que a marca Ocksa pede desculpas por ter continuado a apresentação após Tales passar mal na passarela

O modelo Tales Cotta no começo do desfile da grife Ocksa na SPFW

O modelo Tales Cotta no começo do desfile da grife Ocksa na SPFW Foto: Leco Viana/ Reuters

Desde sábado, 27, quando Tales Cotta sofreu um mal súbito na passarela da Ocksa na São Paulo Fashion Week (SPFW) e morreu no Pronto Socorro Municipal da Lapa, a grife e a organização do evento vêm enfrentando críticas por terem continuado o desfile. A marca inclusive publicou no Instagram um pedido de desculpas neste domingo, 28. No post, Heloisa Cotta, mãe do modelo, se posicionou sobre a polêmica.

“Não se culpem. Tales era profissional.Vocês não fizeram mal nenhum. No momento ninguém sabia realmente o que tinha acontecido. O certo era seguir o desfile para não desestabilizar o restante”, escreveu.

A organização da SPFW enviou um comunicado à imprensa em que afirma que foi informada sobre a morte de Tales às 18h50 e se reuniu com marcas, diretores de desfiles, stylists e modelos e foi dada a opção de cancelamento do evento. "Mesmo abalados, todos decidiram manter os desfiles. Foi decidido também pelo minuto de silêncio na abertura de cada um", informa a nota.

Após o desfile da Ocksa, ocorreu a apresentação da coleção da estilista Flavia Aranha - que estava marcada para às 17h30. Em uma publicação no Instagram, a designer relata que apenas ficou sabendo do incidente uma hora após o término da apresentação da sua coleção. "Se soubesse não teria desfilado. E sinto necessário tornar essa informação pública. Ficou muito estranho sentir alegria sem saber da dor que ocorria logo ali, do meu lado."

 

O desfile da Cavalera estava marcado no cronograma oficial para às 20h30. A marca não quis responder às críticas sobre ter continuado a programação mesmo após a fatalidade. No entanto, divulgou uma nota de pesar assinada por Alberto Hiar, fundador da Cavalera. "Todos ficamos muito abalados e com um sentimento de tristeza muito profundo pelo falecimento do Tales. Aconteceu na passarela, onde ele fazia o que amava, mas poderia ter acontecido em outro lugar e ficariamos abalados da mesma forma.  Eu presto condolências à familia e que sua passagem seja feita com muita luz."

Na passarela do projeto Ponto Firme, último a se apresentar neste sabádo, 27, na SPFW, uma modelo entrou com uma folha de papel com a palavra "luto". 

Modelo durante desfile do projeto Ponto Firme na SPFW

Modelo durante desfile do projeto Ponto Firme na SPFW Foto: Nelson Almeida/ AFP

O tema da 47ª edição da SPFW, que começou na segunda-feira, 22, e terminou neste sábado, 27, foi "Qual é a sua Utopia?". "A utopia de um mundo melhor e mais humano, em sintonia com novas demandas e necessidades, propõe uma reflexão sobre onde estamos e o que queremos alcançar com criação. Qual o propósito e a intenção que move o fazer e a realização? Não existem respostas prontas", dizia comunicado enviado pela organização do evento na terça-feira, 23.  

 

'Tales nunca se queixou de problemas de saúde', diz agência de modelos

O modelo mineiro de 26 anos era representado pelas agências Base MGT e All Models.  Tales morava em São Paulo e fazia parte do casting da Base MGT há dois anos. Segundo post da agência de modelos e atores, o profissional já tinha participado de edições anteriores da SPFW e do evento de moda Casa de Criadores. 

"Ressaltamos que Tales nunca apresentou ou se queixou de problemas de saúde. Ele mantinha uma dieta saudável (era vegetariano), não usava substâncias ilícitas e estava em plenas condições para participar do desfile", publicou a Base MGT no Instagram. 

Em entrevista ao E+, Rogério Campaneli, diretor da Base MGT, contou que Tales morava em um apartamento da agência em São Paulo com mais quatro modelos. Segundo Campaneli, os colegas de profissão relatavam que o mineiro mantinha um estilo de vida saudável e era bastante sorridente.

A agência All Models também se manifestou na rede social sobre o modelo. "Quando tudo começou, um menino cheio de sonhos há sete anos, de alguma forma sabíamos que você iria muito longe e você foi, nos ensinou muito e nos encantou durante todos esses anos que tivemos a honra de conviver com você".

No Instagram, além da carreira na moda, Tales destacava que era vegetariano e formado em educação física. 

 

Tales Cotta será enterrado nesta segunda, 29, em Minas Gerais

Tales será enterrado nesta segunda-feira, 29, às 17h em sua cidade natal, Manhuaçu, em Minas Gerais. 

No mesmo horário, a agência de modelos Base MGT fará uma homenagem em sua sede em São Paulo e será plantada uma árvore em memória do modelo.