Famosa gorila da montanha do Congo morre aos 14 anos no Parque Virunga

Agências - AP

Ndakasi ficou conhecida ao posar para uma selfie com um guarda florestal em 2019

A gorila Ndakasi ficou famosa em 2019 ao posar para uma selfie com outro primata na foto do guarda florestal Patrick Sadikial

A gorila Ndakasi ficou famosa em 2019 ao posar para uma selfie com outro primata na foto do guarda florestal Patrick Sadikial Foto: EFE/ Parque Nacional de Virunga

Ndakasi, uma gorila da montanha que posou para uma selfie com um guarda florestal no Parque Nacional Virunga, no Congo, morreu aos 14 anos após uma longa doença, disse o parque.

“É com profunda tristeza que Virunga anuncia a morte da amada gorila da montanha órfão, Ndakasi, que estava sob os cuidados do parque Centro Senkwekwe por mais de uma década”, disse o comunicado do Virunga.

“Ndakasi deu seu último suspiro nos braços amorosos de seu zelador e amigo de longa data, Andre Bauma”, afirmou a nota, acrescentando que ela morreu em 26 de setembro, após uma doença prolongada em que sua condição se deteriorou rapidamente.

Ndakasi tinha apenas dois meses de idade quando os guardas florestais a encontraram agarrada ao corpo sem vida de sua mãe, que foi morta a tiros por milícias armadas em 2007.

Bauma a confortou naquela primeira noite, segurando-a contra o peito nu e ele continuou cuidando dela desde então. Ela foi transferida para o Centro Senkwekwe em 2009, e conviveu com outros gorilas da montanha órfãos, considerados vulneráveis  demais para retornar à natureza.

A vida da gorila da montanha foi destaque em programas e no documentário Virunga. Ela ganhou fama na internet em 2019 por uma foto em que aparece em posição bípede, relaxada sobre os dois pés, com a barriga para fora, ao lado de outro gorila, Ndeze, e com um guarda florestal em primeiro plano tirando a selfie.

“Foi um privilégio apoiar e cuidar de uma criatura tão amorosa”, disse Bauma em um comunicado. “Foi a natureza doce e a inteligência de Ndakasi que me ajudou a entender a conexão entre humanos e grandes macacos e por que devemos fazer tudo ao nosso alcance para protegê-los.”

Bauma disse que estava orgulhoso por ter chamado Ndakasi de amiga. “Eu a amava como a uma criança e sua personalidade alegre trouxe um sorriso ao meu rosto toda vez que interagi com ela”, afirmou.

O Parque Nacional de Virunga, no leste do Congo, é o lar de alguns dos últimos gorilas da montanha. Os vizinhos Ruanda e Uganda também têm alguns da espécie e juntos sua população é de mais de mil gorilas da montanha.

Quase 700 guardas florestais no parque de Virunga arriscam suas vidas para proteger a vida selvagem em uma região que viu mais de duas décadas de conflito armado e instabilidade.