'Usar pele verdadeira não é uma opção', diz Gisele Bündchen sobre capa da Vogue Paris

Redação - O Estado de S.Paulo

Top é estrela a edição de junho/julho da publicação, dedicada à proteção animal

Cada vez mais, a indústria da moda está criando alternativas para o uso de pele

Cada vez mais, a indústria da moda está criando alternativas para o uso de pele Foto: Instagram.com/inezandvinoodh

Além de ser a modelo mais bem paga do mundo, Gisele Bündchen também é ativista e luta pela preservação do planeta e direitos dos seres vivos. Por isso, não foi surpresa a übermodel ser escolhida para estrelar a edição de junho/julho da Vogue Paris, dedicada à causa animal. 

No editorial de capa, a brasileira posa ao lado de filhotes, como coelhos e raposas, que geralmente são usados para fazer casacos e estolas, usando apenas pele e couro sintéticos.

Em seu Instagram, Gisele comemorou a iniciativa da revista. "Muito feliz que a Vogue Paris dedicou esta edição à proteção animal, enviando uma forte mensagem de que usar pele verdadeira não é uma opção. Os grandes designers já fazem lindas roupas com #pelefalsa." 

O movimento de erradicar o uso de pele está crescendo na indústria da moda. O grupo Armani e grifes importantes, como Hugo Boss, Calvin Klein, Tommy Hilfiger e Ralph Lauren, já não usam o material. O e-commerce Net-a-Porter também não comercializa mais esses produtos.