Você lembra de como eram os youtubers quando começaram?

Redação - O Estado de S.Paulo

Os principais nomes do YouTube brasileiro estão no site há muitos anos; veja como eles mudaram

O youtuber Cauê Moura

O youtuber Cauê Moura Foto: https://www.youtube.com/watch?v=QbGO0AN6YqM / https://www.youtube.com/watch?v=OdNY8OVnuVo

Ao longo dos últimos anos, diversos youtubers chegaram à casa dos milhões de inscritos, se consolidando como verdadeiros formadores de opinião, principalmente entre os jovens.

Mas você se lembra de como surgiram os canais dos principais nomes do YouTube brasileiro? Houve uma época em que Cauê Moura não tinha barba e nem falava gritando, e nomes como Porta dos Fundos, Whindersson Nunes e Felipe Neto eram desconhecidos pelo público em geral.

Separamos abaixo alguns dos primeiros vídeos que os youtubers publicaram em seus canais, para você sentir a diferença!

Whindersson Nunes

De acordo com o próprio Whindersson, seu canal original foi hackeado e seus vídeos deletados em 2013.  Anos depois, porém, ele próprio recuperou o primeiro vídeo que publicou no YouTube e postou em seu canal, que hoje é o maior do Brasil. Confira!

 

Julio Cocielo

Com franja no cabelo, usando capuz e falando baixo, ia ao ar o primeiro vídeo do Canal Canalha, que hoje em dia é a terceira página com maior número de inscritos no YouTube Brasil atualmente - mais de 12 milhões.

Cauê Moura

Acredite: houve um tempo em que o youtuber fazia vídeos sem gritaria e sem a característica barba que marcam seus vídeos atualmente! 

Em junho de 2010, quando o canal foi criado, ainda se chamava Desce a Letra. 

Christian Figueiredo

À época com 16 anos, o  youtuber ainda tinha um visual bastante diferente, e buscou criar algumas esquetes bem-humoradas sobre coisas que o "deixavam louco", explicando o nome do canal.

Recentemente, o próprio Christian decidiu regravar sua primeira experiência no YouTube, recriando as mesmas cenas.

Felipe Neto

Em sua estreia, o jovem youtuber sequer usava o termo 'vlog', mas sim 'Vídeocast'. "Vocês gostam de mim mesmo eu sendo muito idiota?", pergunta em dado ponto do vídeo, que traz Felipe falando palavras desconexas, fazendo piadas e comentários aleatórios em frente à câmera. Pouco depois, surgiu o primeiro no formato do Não Faz Sentido!, com óculos escuros e comentários sobre um tema específico, que viriam a popularizá-lo.

Sua expressão e o enquadramento utilizado na gravação eram bem diferentes dos atuais. Confira!

Kéfera

A estreia da youtuber tinha como tema um dos assuntos mais comentados daquele momento: vuvuzelas. Já faz quase sete anos, pouco depois da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul! Além do visual, até o jeito de falar era diferente! 

Manual do Mundo

Hoje em dia, Iberê Thenório e Mariana Fulfaro são conhecidos pelos vídeos que trazem diversas experiências e curiosidades relacionadas ao mundo da ciência. O canal, porém, começou sem que dessem as caras, mostrando alguns truques que precisavam apenas de caneta e papel, com pouca edição. Veja!

Rafinha Bastos

Muito antes de chegar à TV, onde se tornou conhecido como repórter do CQC, o humorista já fazia vídeos para seu canal no YouTube - há mais de uma década!

Porta dos Fundos

O primeiro vídeo do canal Porta dos Fundos que foi ao ar era um pouco diferente das tradicionais esquetes, e contava com diversas delas ao longo de 15 minutos.

Após uma Introdução de Totoro, a primeira que foi exibida trazia o ator Fábio Porchat vivendo uma travesti que encontra um colega de trabalho durante a noite.