Túmulo dedicado a Dobby, de 'Harry Potter', pode ser removido de praia britânica

Sabrina Legramandi* - O Estado de S.Paulo

Pesquisa encomendada por autoridades locais questiona se homenagem deve ser removida ou transferida da praia de Freshwater West, no País de Gales

Túmulo do elfo Dobby, de 'Harry Potter', pode ser removido ou transferido da praia de Freshwater West, no País de Gales.

Túmulo do elfo Dobby, de 'Harry Potter', pode ser removido ou transferido da praia de Freshwater West, no País de Gales. Foto: Warner Bros.

O elfo Dobby foi um dos personagens mais marcantes da saga Harry Potter e protagonizou uma cena que leva qualquer fã às lágrimas durante o livro Harry Potter e as Relíquias da Morte, último da série do menino bruxo.

Na adaptação para o cinema, Dobby morre no colo do protagonista em uma praia do País de Gales, a Freshwater West, em Pembrokeshire, e é enterrado no local.

Ao visitarem a praia, os admiradores da saga criaram um túmulo para homenagear o personagem, mas a situação saiu do controle.

Centenas de pedras e meias com referências à série cobrem uma boa parte da costa. Em Harry Potter, Dobby é um elfo doméstico que é liberto da servidão ao acidentalmente ganhar uma meia de presente de seu antigo dono, Lucius Malfoy. Na maioria das pedras que estão na praia britânica, os fãs escrevem a frase "aqui jaz Dobby, um elfo livre".

Porém, autoridades locais querem tomar providências para que a preservação da praia não seja ameaçada. O National Trust, organização de conservação do patrimônio no Reino Unido, encomendou uma pesquisa para que os visitantes escolham se o túmulo deve ser retirado ou não.

Com 30 questões, a "Freshwater West Sustentável – Feedback sobre ações emergenciais" dedicou duas para que os habitantes opinem sobre a homenagem do personagem.

Em uma delas, o participante pode dizer se apoia que o túmulo de Dobby seja removido e, em outra, se deve ser transferido para "um local adequado e acessível ao público".

No formulário, a National Trust afirmou que a área passou a receber mais pessoas recentemente e, por isso, passou a "sofrer mais pressão".

"O acesso à natureza e ao ar livre para todos é de vital importância, mas o aumento do número de visitantes aumentou a pressão sobre o meio-ambiente e as instalações. Isso não parece sustentável a longo prazo sem impactar negativamente esse lugar especial", disse a organização.

A pesquisa visa atender às "aspirações e preferências" dos visitantes e residentes da Freshwater West e estará aberta até o dia 7 de junho.

*Estagiária sob supervisão de Charlise de Morais