'Ditadura', diz Gentili após ser intimado em caso de suposto racismo 

- Bang Showbiz

Apresentador responde a processo após supostamente ter oferecido bananas a um internauta negro

Danilo Gentili é acusado de racismo

Danilo Gentili é acusado de racismo Foto: Bang Showbiz

Danilo Gentili fez piada com o tom das perguntas que teve que responder durante interrogatório na Secretaria da Justiça de SP. O apresentador comparou as perguntas que ouviu aos "tempos de ditadura". De acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, Gentili foi intimado pelo órgão por supostamente ter oferecido bananas a internauta negro, em 2012. O processo segue sob sigilo.

Recentemente, o humorista se desculpou por ter ofendido o Estado de Roraima.  O apresentador, que supostamente foi obrigado a se retratar após um pedido da direção do SBT, falou: "Como eu já disse, o sentido do 'Facebullyng' é falar absurdos. A brincadeira é falar o maior número de barbaridades possíveis para os seguidores daquela pessoa acharem que ela é 'escrota'. O problema é que alguém com muita má-fé editou o vídeo da brincadeira, tirou do contexto, e começou a espalhar o conteúdo falando que eu estava falando mal de Roraima. Não, eu não estava. Quem quiser é só ver o vídeo na internet. É óbvio que tenho muito respeito por Roraima".

A confusão envolvendo Gentili e Roraima começou durante uma entrevista com Mauricio Meirelles. Ao apresentar o quadro 'Facebullyng', Danilo foi até uma rede social do seu convidado e se deparou com um pedido para ele se apresentar em Boa Vista, a capital de Roraima.

Após ler o pedido, o apresentador disse: "Show em Roraima? Tá louca que vou fazer show nessa bosta de lugar? Vocês vão pagar meu cachê com o quê? Com peixe ou com prostitutas? Prefiro fazer show no inferno".