Taís Araújo fala sobre interpretar Marielle Franco: 'brasileiros mereciam conhecê-la mais'

Redação - O Estado de S.Paulo

Vereadora assassinada a tiros no Rio em 2018 é uma das personalidades homenageadas no especial 'Falas Negras', da Globo

Taís Araújo como Marielle Franco no especial 'Falas Negras', da Globo

Taís Araújo como Marielle Franco no especial 'Falas Negras', da Globo Foto: Victor Pollak / Globo / Divulgação

A atriz Taís Araújo falou sobre como foi interpretar Marielle Franco, vereadora assassinada a tiros no Rio de Janeiro em 2018, para o especial Falas Negras, que vai ao ar na Globo na próxima sexta-feira, 20 de novembro, Dia da Consciência Negra.

"Eu fiquei muito emocionada com o convite porque a Marielle significa muito para mim, em muitos lugares. Eu fiquei muito feliz! É uma personagem importante para a história recente do Brasil", disse, em entrevista divulgada pela emissora nesta terça, 17.

"Eu senti vontade de ter conhecido mais a Marielle. Me deu esse desejo de falar 'meu Deus, por que eu não sabia tão mais dela antes da execução?' Eu acho que todos os brasileiros mereciam conhecê-la mais. Ela tinha tanto a dizer e tanto a fazer", continuou.

Taís Araújo também elogiou o trabalho do marido, Lázaro Ramos, que trabalhar como diretor de Falas Negras. "O clima no set que ele dirige é sempre muito bom, porque você sente a valorização de cada profissional".

"Eu adoro ser dirigida pelo Lázaro. Ele é um diretor muito afetuoso, ao mesmo tempo, é firme", conta.

O programa trará 22 atores interpretando personalidades que existiram na vida real, com depoimentos dados por elas na luta pela liberdade e contra o racismoClique aqui para ver todo o elenco e as personalidades homenageadas no especial Falas Negras, da Globo.