Silvio Santos tira o SBT da cobertura do impeachment e derruba a Record

- Bang Showbiz

Enquanto deputados decidiam o futuro do Brasil, Eliana fazia uma homenagem a Amado Batista e noticiava o estado de saúde do Ken Humano

A pedido de Silvio Santos, o SBT não participou da cobertura da votação do impeachment

A pedido de Silvio Santos, o SBT não participou da cobertura da votação do impeachment Foto: Divulgação|SBT

A decisão de não exibir nada sobre a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), que aconteceu na Câmara dos Deputados nesse domingo, 17, fez com que o SBT chegasse à vice-liderança na audiência. 

Enquanto todas as emissoras abertas mostravam a votação dos deputados, Silvio Santos deixou no ar o programa Eliana, que pela primeira vez esse ano conseguiu ganhar da Rede Record, com picos de 14 pontos na Grande São Paulo (cada ponto equivale a 69,4 mil domicílios).

Enquanto Globo, Record, Band, Rede TV! e Gazeta mostravam minuto a minuto como cada deputado estava votando, no SBT o cantor Amado Batista recebia uma homenagem de Eliana, que também falou sobre a internação do Ken Humano.

Em seguida, o Programa Silvio Santos continuou segurando a audiência, que chegou a 15 pontos de pico com seus joguinhos. Essa semana, os participantes foram Carlos Alberto de Nóbrega e Raul Gil. O programa chegou a ficar nos assuntos mais comentados do Twitter. 

Record teve, em média, 7 pontos, Band marcou 4 e Rede TV! ficou com 2. A Rede Globo teve pico de 33 no final da votação. 

 

Leia também no E+:

Quiz: relembre as revelações de programas musicais

Novelas brasileiras são exportadas e ganham títulos estranhos; veja exemplos