Serginho Groisman elogia novos apresentadores de talk-show e diz que renovação é importante

Anita Efraim - Especial para o Estado de S. Paulo

‘Altas Horas’ ficou três semanas sem ir ao ar durante os Jogos Olímpicos e volta com seis medalhistas

Os Novos Baianos e a cantora Céu são as atrações musicais no programa no dia 27

Os Novos Baianos e a cantora Céu são as atrações musicais no programa no dia 27 Foto: Globo/Reinaldo Marques

Serginho Groisman está no ar com o Altas Horas há quase 16 anos e acredita na constante renovação dos talk-shows. O veterano considera que a nova geração de apresentadores, a qual pertence Porchat e Adnet, é ótima. 

“Eu acho que sempre é bom ter uma renovação em programas de entrevista. E tem essa ideia de que é bom o apresentador ser também bem humorado, porque dai você consegue até coisas boas do entrevistado”, opina Serginho. Em sua opinião, o importante para um apresentador de talk-show é tem uma boa formação e acredita que, neste quesito, “estamos bem”. 

Para o global, o diferencial de seu programa para outros é a plateia, que participa ativamente do Altas Horas e, algumas vezes, muda os rumos do programa. Foi o caso de André Lodi, um menino filho de duas mães, que respondeu um comentário preconceituoso vindo de um espectador. 

O programa, que não ia ao ar há três semanas, por causa dos Jogos Olímpicos, recebeu seis atletas que foram medalhistas durante a Rio 2016: Isaquias Queiroz, Serginho, Ágatha, Robson Conceição, Diego Hypolito e Gabigol. As atrações musicais ficaram por conta dos Novos Baianos, que estão em turnê, e a cantora Céu. 

Marco Luque também teve participação no programa, com o personagem Mustafary. O humorista brincou com os atletas e disse que era uma raridade um baiano como Isaquias ser o mais rápido.

O programa vai ao ar no próximo sábado, 27, na Rede Globo.