Samoa proíbe 'Rocketman', sobre Elton John, devido à homossexualidade

Redação - O Estado de S.Paulo

Órgão de censura alega que filme não se encaixa nas crenças cristãs e culturais do país

Taron Egerton como Elton John em 'Rocketman'

Taron Egerton como Elton John em 'Rocketman' Foto: Reprodução de teaser de 'Rocketman' (2019) / Paramount Pictures

Samoa, localizado na Oceania, proibiu o filme Rocketman, que conta a história de Elton John, por causa das cenas sobre sua homossexualidade. As informações são da Associated Press.

O órgão de censura nacional, Readtaua Niuapu Faaui, afirmou ao jornal Samoa Observer nesta terça-feira, 11, que a homossexualidade viola as normas do país e não se encaixa nas crenças culturais e cristãs do povo samoense.

O país prevê em lei, desde 2013, que a sodomia é considerada crime com pena de até sete anos de prisão, mesmo que o ato ocorra com consentimento.

Rocketman mostra a relação entre John e o seu empresário John Reid. Em 2008, Samoa também proibiu o filme Milk: A voz da Igualdade, que mostra a história de um ativista gay.