Relembre beijos gays que fizeram história na televisão brasileira

Redação - O Estado de S.Paulo

Lucas Penteado e Gilberto protagonizaram primeira cena de beijo entre dois homens da história do 'BBB'

Lucas Penteado e Gilberto se beijaram durante a festa do 'BBB'

Lucas Penteado e Gilberto se beijaram durante a festa do 'BBB' Foto: Reprodução/GloboPlay

Na madrugada deste domingo, durante a festa Holi Festival, Lucas Penteado e Gilberto entraram para a história do Big Brother Brasil com o primeiro beijo entre dois homens ocorrido no reality show. 

Em 2014, o BBB já havia exibido beijos entre as participantes Vanessa e Clara. Em 2010, Serginho e Dicésar chegaram a dar um breve selinho, mas o primeiro beijo, de fato, entre dois homens, ocorreu somente na atual edição do programa, em 2021.

Relembre a seguir outros beijos que marcaram época na TV brasileira.

Vida Alves protagonizou o primeiro beijo gay da televisão brasileira, que aconteceu no teleteatro A Calúnia (TV Tupi, 1963), em cena com a atriz Geórgia Gomide. Já o primeiro romance entre dois homens foi de Lima Duarte em Cláudio Marzo, em 1963, em Panorama Com Vista Para a Ponte, de Arthur Miller. 

Depois disso, demorou a ser consumado o primeiro romance homoafetivo em telenovelas. O beijo entre Zeca  (Erom Cordeiro) e Júnior (Bruno Gagliasso), da novela da Globo, América, chegou a ser gravado mas nunca exibido. Em 2011, o SBT exibiu o beijo entre Luciana Vendramini e Giselle Tigre, em Amor e Revolução. A repercussão foi negativa e a ideia de repetir a cena com Lui Mendes e Carlos Thiré foi abandonada. 

A Globo finalmente decidiu levar ao ar o beijo entre Thiago Fragoso e Mateus Solano, de Amor à Vida, em 2013. Foi criada uma expectativa em torno da cena e o sucesso dos personagens Félix e Nico levantou a audiência e teve boa repercussão.

Depois foi a vez de Marina (Tainá Muller) se envolver com Clara (Giovanna Antonelli), na telenovela Em Família, 2014. Apesar da fraca audiência, também teve sua importância. No mesmo ano, se sentindo mais à vontade, a Globo apostou em José Mayer para elevar a importância da relação homoafetiva na TV e exibiu um ‘selinho’ com Klebber Toledo na novela Império, que teve grande audiência. 

Em 2015, ninguém menos que Fernanda Montenegro e Nathalia Timberg formaram um casal de mulheres maduras em Babilônia, e já teve beijo logo no primeiro capítulo, pegando o público de surpresa.  

A emissora foi além e exibiu em 2016 uma cena de sexo Caio Blat e Ricardo Pereira, em Liberdade, Liberdade, que ia ao ar às 23h. O romance entre um militar e um rapaz foi se desenvolvendo lentamente e cativando o público, que aceitou bem o desfecho. 

Outros beijos vieram depois, como de Manoela Aliperti e Giovanna Grigio, em Malhação: Viva a Diferença (2017), e Juliano Laham e Pedro Muller, em Orgulho e Paixão (2018). Em 2019, Kelner Macêdo e Bruno Garcia interpretaram um beijo gay em Sob Pressão no dia que STF criminalizou a homofobia.

* Atualizada às 15h05 de 8 de fevereiro de 2021.