Rafael Ilha diz que se arrepende do tempo perdido com as drogas

Redação - O Estado de S.Paulo

Ex-Polegar fez declaração durante atividade surpresa em 'A Fazenda'

O ex-Polegar Rafael Ilha, participante de 'A Fazenda' 2018.

O ex-Polegar Rafael Ilha, participante de 'A Fazenda' 2018. Foto: Reprodução/ Record TV

Uma das atividades surpresa do reality show A Fazenda, da Record TV, foi colocar os peões frente a frente para uma entrevista.

Na edição desta quarta-feira, 21, Rafael Ilha foi questionado por Felipe Sertanejo sobre o envolvimento com as drogas. O ex-Polegar passou um período turbulento da vida tentando se livrar do vício. "Para esses jovens que estão conhecendo as drogas, a coisa que eu mais me arrependo na vida foi o tempo que eu perdi com as drogas. Porque as outras coisas a gente recupera. A gente recupera a parte financeira, a gente recupera o trabalho, graças a Deus consegui ter a restauração da minha família, que é destruída. Mas o tempo a gente não consegue recuperar", refletiu o cantor.

Para Rafael Ilha, a maior 'loucura' da atualidade é ser 'careta'. "Hoje em dia, ser doido é você ser careta, porque a maioria da juventude está envolvida com o álcool ou com a maconha ou com a cocaína. Então, eu acho que a maior loucura hoje é você ser careta e ter coragem de falar", disse.

Felipe Sertanejo demonstrou admiração ao colega de reality e se considera fã do ex-Polegar. Rafael Ilha continuou o desabafo. "A minha própria família desistiu de mim no final. Morei seis meses em situação de rua mesmo. Grandes médicos, grandes psiquiatras falaram: 'Não tem mais jeito. Ou vai morrer ou vai ficar sequelado'. E hoje eu estou aqui podendo dar esse testemunho de força e fé", concluiu.