Rafa Kalimann explica comentários em defesa de Paula, do 'BBB 19'

André Carlos Zorzi - O Estado de S.Paulo

'Nem sempre a intenção da pessoa é má', afirmou finalista do 'BBB 20' sobre repercussão de discussão em relação a possíveis comentários preconceituosos feitos pela campeã do programa anterior

Rafa Kalimann, finalista do 'BBB 20'

Rafa Kalimann, finalista do 'BBB 20' Foto: Reprodução de 'BBB' (2020) / Globo

Rafa Kalimann, vice-campeã do BBB 20, que teve Thelma Assis como ganhadora, falou sobre sua participação no Big Brother Brasil em coletiva virtual com jornalistas na tarde desta terça-feira, 28.

Comentários de Rafa sobre Paula, vencedora do BBB 19

Após internautas terem apontado que, durante uma conversa na casa do BBB 20, Rafa teria 'defendido' Paula von Sperling, campeã do programa em 2019, que teve comentários considerados preconceituosos dentro da casa, chegando a prestar depoimento na polícia por possível intolerância religiosa, Rafa tentou explicar seu posicionamento diante do tema.

"Na questão da Paula, acho completamente errado tudo que aconteceu, o que foi dito na edição passada. Ela poderia não ter acesso a informação antes de entrar na casa e poderia ter aprendido ali dentro", comentou, ressaltando que fez perguntas a Thelma e Babu durante o confinamento para entender mais sobre o racismo.

"Primeiro que não é meu lugar de fala. Só queria que as pessoas entendessem que existem pessoas que precisam aprender, também, e pessoas podem fazer comentários que vão doer em alguém por falta de informação. Nem sempre a intenção da pessoa é má. É muito difícil eu conseguir explicar isso para vocês, de verdade", continuou.

Relembre o momento em questão:

Críticas sobre trabalho voluntário

"Eu sempre fui criticada e sabia que não seria diferente, principalmente em uma proporção muito maior agora", afirmou Rafa, questionada sobre comentários negativos feitos em redes sociais de que ela faria trabalho voluntário em uma ONG em Moçambique "para aparecer". 

"Sempre postei, mesmo com a enxurrada de críticas, com pessoas falando que eu postava para aparecer e etc., porque com isso eu conseguia lucrar muito para a ONG. Se eu não falasse para as pessoas, elas não saberiam", continuou.

Feminismo

Questionada sobre a importância de uma pauta feminista ao longo do BBB 20, Rafa comentou: "A gente imaginava, foi uma mobilização muito grande, nosso incômodo com o Hadson, como a gente colocou isso para fora e depois a chegada da Ivy e do Dan, que nos contaram como tudo repercutiu aqui fora. A gente tinha uma ideia disso e eu achei muito bom que acontecesse. A gente vive num momento da nossa sociedade que não está dando para levar isso adiante."

"A gente queria que tivesse boas relações com os meninos, não nos sentissemos constrangidas nas coisas que foram ditas para nós, mas diante do que aconteceu, termos tido voz, eu e as meninas, para falar a gente merece o respeito de vocês foi muito importante. Fiquei feliz de isso ter tomado uma proporção tão grande aqui fora", continuou.

Relação com Babu Santana

Rafa Kalimann também falou sobre a amizade com Babu dentro da casa do BBB 20: "Desde o começo criei um carinho muito grande com ele, gratuito. É um 'bebê gigante', bem intencionado, querendo fazer várias coisas para gostarem dele, fazendo a comida com aquele amor todo. É um ser humano incrível".

"Ele teve altos e baixos dentro do jogo, com a personalidade dele, mas eu mantive o carinho. Cheguei a falar para ele, tomar um pouco mais de cuidado com o jeito de falar e tudo mais", prosseguiu.

Sobre seu voto em Babu, explicou: "Chegou um momento em que me doeu a possibilidade de votar. Na reta final, entre ele e a Thelma, era impossível eu votar na Thelminha. Doeu bastante. Achei linda a forma com que ele veio na reta final do jogo, floresceu, se permitiu. Mostrou muito do Babu carinhoso e amoroso." 

"Quero que ele faça muito filme, muita novela, muito sucesso, porque ele merece o mundo", concluiu.