Quarta temporada de 'Adotada' estreia nesta terça-feira

Redação - O Estado de S.Paulo

Maria Eugênia vai passar por diversos Estados brasileiros na nova fase do reality

Na quarta temporada de 'Adotada', Maria Eugênia deve sair do eixo Rio-São Paulo e visitar regiões do norte e do nordeste do País.

Na quarta temporada de 'Adotada', Maria Eugênia deve sair do eixo Rio-São Paulo e visitar regiões do norte e do nordeste do País. Foto: Tiago Lima Marcelino/TiagoLimaPhoto/MTV

A partir das 21h desta terça-feira, 11, o Adotada estreia sua nova temporada na MTV. Serão 13 novos episódios gravados também fora do eixo Rio-São Paulo, como Acre, Rio Grande do Norte e Paraíba, todos estrelados por Maria Eugênia Suconic, ou Mareu, como é conhecida pelos fãs.

"A Maria Eugênia já foi 'adotada' por mais de 40 famílias, mas ainda há muitos lugares pra ela conhecer. Um País gigante como o Brasil, com tanta diversidade cultural, valoriza o formato do programa e a ideia para esta quarta temporada é justamente fazer com que Mareu viaje ainda mais para conviver com famílias dos mais diferentes estilos", explica Tiago Worcman, Vice-Presidente Sênior da MTV na América Latina.

E+ conversou com Mareu durante a fase inicial das gravações, quando ela comentou que fazer o Adotada mudou sua vida em muitos aspectos. "Eu tive anos de síndrome do pânico, eu morava com a minha mãe. Só conseguia fazer as coisas muito bem planejadas, não podia ir para um lugar que eu não conhecesse, que eu não sabia o que ia fazer. E nisso o Adotada me deu uma segurança maior, muito maior. Foi uma coisa que realmente mudou. Sabe, não é que eu estou curada, pois falam que pânico não cura. Eu acho que cura de uma certa forma. Eu aprendi os meus limites, então eu sei que, quando eu tiver uma crise de ansiedade, não vai ser um pânico absurdo que eu não vou conseguir sair da minha casa, como era antes. Eu vou respeitar o que está acontecendo comigo. Depois disso, fui morar sozinha. Aprendi a ter minha vida. E é um programa que eu busco famílias, eu aprendi a ter minha liberdade, é muito louco, foi muito bom para mim isso", disse.

A modelo também foi uma das responsáveis pela criação do reality, que foi indicado ao Emmy Internacional em 2016 na categoria Programa de Entretenimento Não Roteirizado. Maria contou que costuma opinar em cada detalhe do programa desde então. "Dou pitaco em tudo. O Adotada é muito eu, então é tudo combinado, eu sou a 'louca dos detalhes', principalmente nas roupas, maquiagem, cabelo, e nas minhas conversas com as famílias nos primeiros momentos", comentou.

No episódio de estreia da quarta temporada de Adotada, Maria Eugênia vai até João Pessoa (PB), onde ficará na casa da família Muniz, que tem duas paixões: música e escotismo. Os desafios para Mareu começam com acordar às 5h da manhã e se estendem até a complicada relação entre o pai e a filha do meio, que não pode sair sozinha mesmo aos 19 anos de idade. A vivência com a família paraibana ainda traz experiências interessantes como o aprendizado de palavras regionais e a convivência com uma irmã de 12 anos, que vai ensiná-la a praticar salto ornamental.

A 4ª temporada de Adotada será exibida todas as terças-feira, às 21h, na MTV.