Por 'incerteza' de desfiles em 2021, Globo ainda não pagou escolas de samba

Redação - O Estado de S.Paulo

Emissora, que é detentora dos direitos de transmissão dos desfiles em São Paulo e no Rio, divulgou nota explicando a situação

Escola de Samba Vila Isabel desfila no segundo dia do Carnaval  no sambódromo da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro. Foto: Wilton Junior/Estadão  

Escola de Samba Vila Isabel desfila no segundo dia do Carnaval  no sambódromo da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro. Foto: Wilton Junior/Estadão   Foto:

A Globo ainda não realizou os pagamentos referentes aos direitos de transmissão do carnaval 2021 do Rio de Janeiro e de São Paulo às escolas de samba

A informação foi confirmada ao E+ nesta quinta-feira, 9, pela assessoria da emissora, que informa que a "incerteza" sobre a realização do carnaval do ano que vem, "por conta dos impactos da pandemia de covid-19", seria a motivação.

A Globo "não iniciou, até o momento, o pagamento dos valores referentes aos desfiles de 2021" e "aguarda a evolução da situação", completa a nota.

Algumas escolas de samba já trabalham para o carnaval do ano que vem. A Tradição, que volta à Série A no Rio, por exemplo, homenageará a escritora Clarice Lispector, enquanto a Viradouro abordará a Gripe Espanhola em seu samba-enredo.

Confira abaixo a íntegra da nota enviada pela emissora:

"A TV Globo é detentora dos direitos de transmissão dos desfiles de Carnaval do Rio e de São Paulo. A dúvida, neste momento, é se, por conta dos impactos da pandemia de Covid-19, haverá desfiles no ano que vem. Por causa dessa incerteza, a emissora não iniciou, até o momento, o pagamento dos valores referentes aos desfiles de 2021. A TV Globo aguarda a evolução da situação.”

VEJA TAMBÉM: Novelas que tiveram desfiles de carnaval em seu enredo

Fábio Motta / Estadão
Ver Galeria 8

8 imagens