‘Para existir nova temporada, precisamos de reflexão’, diz Fernanda Lima sobre ‘Amor e Sexo'

Redação - O Estado de S.Paulo

Apresentadora publicou um texto nas redes sociais fazendo uma análise sobre o programa

Fernanda Lima

Fernanda Lima Foto: Ney Coelho / Globo / Divulgação

Após terminar a exibição do programa Amor e Sexo, na TV Globo, Fernanda Lima decidiu publicar um texto agradecendo aos fãs e a equipe que a acompanhou no trabalho.

Neste domingo, 16, a modelo ressaltou que a continuidade do programa depende de reflexões e pesquisas. “A gente acredita que o amor e o sexo são manifestações políticas não apenas na cama, mas também fora dela e, por isso, o programa parte desses lugares (...) A volta do programa dependerá de uma decisão em conjunto com a emissora e nada ainda foi conversado, mas é importante lembrar que, para existir nova temporada, precisamos de um período de reflexão, estudos, pesquisas e observação profunda do mundo em que vivemos. Isso requer tempo”, refletiu.

O último episódio da 11ª temporada da série foi ao ar na terça-feira, 11. Na ocasião, Fernanda Lima recebeu homenagens dos jurados e comemorou mais um ano de exibição. “A gente parte, mas deixa um rastro de cores, formas, música, danças, debates, reflexões, poesias, risos e lágrimas. A gente leva orgulho de uma equipe que não desistiu e se reinventou”, disse a apresentadora.

Para Fernanda Lima, o programa exige uma conscientização dos telespectadores. “A ideia é questionar como podemos expandir nossa consciência, conhecimentos e, quem sabe, despertar a empatia de um pelo outro para caminharmos em direção a um mundo de justiça social, liberdade e igualdade. Nesse sentido, não hesitamos em nos posicionar contra o machismo, o racismo, a lgbfobia, o classismo e qualquer outra forma de orpressão”, disse.

Amor e Sexo exibiu uma temporada recheada de polêmicas, sobretudo nas redes sociais, mas com direito a manifestação de pessoas famosas, como o sertanejo Eduardo Costa. Na ocasião, o cantor chamou Fernanda Lima de "imbecil" e afirmou que ela "só faz programa pra maconheiro, pra bandido, pra esquerdista derrotado e pra esses projetos de artista, assim como ela”. O sertanejo acabou recuando e pediu desculpas durante programa Conversa com Bial, na própria TV Globo. "A mesma coragem que eu tenho para falar e expor as minhas opiniões em relação a qualquer tipo de assunto, eu quero ter essa coragem de vir aqui no seu programa e pedir desculpas pra Fernanda Lima, pra família da Fernanda Lima, para o marido dela, para os filhos", afirmou Eduardo Costa.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Esse post é para agradecer quem acompanhou o Amor e Sexo até aqui. A gente acredita que o amor e o sexo são manifestações políticas não apenas na cama, mas também fora dela e por isso, o programa parte desses lugares - do amor e do sexo - para propor que nos conheçamos melhor e, assim, possamos nos respeitar e conviver. A ideia é questionar como podemos expandir nossa consciência, conhecimentos e, quem sabe, despertar a empatia de um pelo outro para caminharmos em direção a um mundo de justiça social, liberdade e igualdade. Nesse sentido, não hesitamos em nos posicionar contra o machismo, o racismo, a lgbtfobia, o classismo e qualquer outra forma de discriminação e de opressão. A temporada chamou todo mundo para a festa que só a liberdade pode produzir. Mas não qualquer liberdade, e sim o tipo mais puro de liberdade, aquele que só existe à partir do olhar sobre o outro e sobre a justiça social. Foi uma honra apresentar essa temporada e um orgulho enorme levantar essas bandeiras. Nossa pauta é, e sempre será, o amor, o afeto e a empatia. Agradeço tudo que aprendi até aqui (que não foi pouco) e me sinto na obrigação de dar ênfase a ocupação do nosso palco por minorias políticas cheias de sabedoria, afeto e encanto. A volta do programa dependerá de uma decisão em conjunto com a emissora e nada ainda foi conversado, mas é importante lembrar que para existir nova temporada, precisamos de um periodo de reflexão, estudos, pesquisas e observação profunda do mundo em que vivemos. Isso requer tempo. Então, qualquer notícia que não seja dada nas minhas redes sociais, por mim, ou através da assessoria da Rede Globo de televisão, pode ser mera especulação, ainda mais em tempos de fake news. E para finalizar, preciso deixar registrado aqui a nossa felicidadede em receber o prêmio de melhor programa da televisão brasileira pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Ja recebemos esse premio uma vez e esse ano levaremos o segundo trofeu para casa! Veio em boa hora! Mais uma vez, obrigada a todos que, (Post continua na primeiro comentário - ABAIXO)????

Uma publicação compartilhada por Fernanda Lima (@fernandalimaoficial) em