‘O Céu da Meia Noite’: confira 6 curiosidades sobre novo filme

Bárbara Correa* - O Estado de S.Paulo

George Clooney, Felicity Jones e outros atores do elenco contaram bastidores exclusivos do filme que estreia em 23 de dezembro na Netflix

George Clooney dirigindo o filme ao lado dos atores David Oyelowo e Tiffany Boone

George Clooney dirigindo o filme ao lado dos atores David Oyelowo e Tiffany Boone Foto: Philippe Antonello/NETFLIX

O Céu da Meia Noite é o novo filme de ficção científica da Netflix, dirigido e estrelado por George Clooney. A adaptação do romance Good Morning, Midnight, de Lily Brooks-Dalton, estreia dia 23 de dezembro na plataforma. 

A história pós-apocalíptica se passa no ano de 2049 e mostra o cientista Augustine (George Clooney), vivendo solitário no Ártico, depois de uma misteriosa catástrofe global destruir a terra e fazer com que os habitantes procurassem outro local para sobreviver.

Porém, um grupo de astronautas não sabe disso e Augustine precisa impedir Sully (Felicity Jones) e sua equipe de voltarem para casa. O elenco também traz nomes como David Oyelowo, Kyle Chandler, Demián Bichir e Tiffany Boone. Confira o trailer:

As filmagens, que contam com diversos efeitos especiais e cenas no espaço, foram finalizadas pouco tempo antes da pandemia ser decretada, no final de fevereiro, e os atores revelaram, em coletiva de imprensa, detalhes e curiosidades do backstage.  

Confira 6 curiosidades dos bastidores das gravações de O Céu da Meia Noite:

  1. Felicity Jones (Sully) estava realmente grávida e o roteiro do filme foi totalmente adaptado.

    ​George Clooney explicou que estava há três semanas gravando o filme, quando Felicity contou para ele sobre a gestação em uma ligação. Para ele, essa novidade no roteiro fez com que o filme tivesse uma mensagem final de esperança. 

    “Percebi que as melhores versões das coisas surgem quando aceitamos elas e não as vemos como um problema. Então o filho de Felicity se tornou um personagem e pudemos escrever cenas como a do ultrassom, escolhendo o nome da criança etc”, disse George.

    “Os personagens estão sempre esperando por qualquer sinal de vida e o único que eles tem é dentro de Felicity. Para mim, isso se tornou infinitamente mais esperançoso”, acrescentou o diretor. 

    A atriz contou que, inicialmente, ficou com medo de ser demitida, porém se sentiu aliviada quando Clooney “abraçou” a situação. “Foi um processo instintivo e ter uma mulher grávida no espaço foi revolucionário”, afirmou. 

    Felicity Jones interpretando a personagem Sully em 'O Céu da Meia Noite'

    Felicity Jones interpretando a personagem Sully em 'O Céu da Meia Noite' Foto: Divulgação/ Netflix

  2. O astronauta Tom Adewole originalmente se chamava Harper, mas o ator David Oyelowo quis mudar para representar os africanos

    No livro, o personagem de David se chamava Harper, porém o ator sugeriu ao diretor uma mudança, pois nunca tinha visto um astronauta africano salvar o mundo. 

    “Adewole é o nome da tribo que eu vim na Nigéria, que significa ‘o rei chegou na casa’. Acredito que muitos africanos vão se sentir gratos por ver esse tipo de representação”, disse David. 

     

  3. Na gravação da cena do sangue de Maya (Tiffany Boone) flutuando na nave, não tinha nenhum “sangue”

    A atriz que fez a personagem Maya revelou que teve que interpretar o pânico de ver seu sangue flutuando na nave espacial usando somente a imaginação, pois os efeitos especiais foram acrescentados somente depois, na edição. 

    “Não tinha nada lá, nós tivemos que imaginar tudo, desde a primeira gota, mas o resultado saiu exatamente como eu imaginava” revelou ela. 

    “É uma coisa muito difícil para um ator fazer, pois é um momento pessoal, é sobre estar entre a vida e a morte e tudo baseado na própria imaginação. Ela teve que criar toda essa energia e foi maravilhoso”, acrescentou George. 

     

  4. As cenas de George Clooney foram filmadas em dois lugares diferentes

    O ator gravou na Islândia, em condições muito difíceis, com frio muito intenso, e no Shepperton Studios, um estúdio de cinema localizado em Shepperton, Surrey, Inglaterra. “Pareciam dois filmes diferentes. Na primeira metade das gravações, eu estava na Islândia e nem vi o resto da equipe que estava no estúdio filmando e treinando”, revelou ele. 

    George Clooney interpretando personagem Augustine no filme 'O Céu da Meia Noite'

    George Clooney interpretando personagem Augustine no filme 'O Céu da Meia Noite' Foto: Divulgação/ Netflix

  5. Tiffany Boone e David Oyelowo passaram por um treinamento para as gravações 

    Os atores passaram por muitas dificuldades em um treinamento de três meses para se prepararem para as gravações das cenas no espaço.

    “Quando ficamos suspensos em cordas, foi humilhante, no começo. Passei muito tempo desconfortável, mas nós conseguimos!”, contou David. 

    “Eu lembro de ler as cenas no roteiro e pensar ‘não deve ser tão difícil’ e no primeiro dia de treino eu quase desmaiei, porque ficavam me girando”, disse Tiffany. 

     

  6. A autora do livro aparece no filme 

    Clooney revelou que Lily Brooks-Dalton está no filme. Ela aparece sentada ao lado da atriz Sophie Rundle, na cena em que o personagem Augustine mais jovem aparece falando para uma plateia. 

    “Ela adorou o filme. Claro que tem uma diferença entre o livro e o filme, tivemos que condensar a história, reduzir personagens, mas ela se sentiu orgulhosa”, disse George.

    George Clooney ao lado de Tiffany Boone nas gravações de 'O Céu da Meia Noite'

    George Clooney ao lado de Tiffany Boone nas gravações de 'O Céu da Meia Noite' Foto: Divulgação/ Netflix

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais