'O Aprendiz': participante é demitido após citar filho de Justus para tentar obter vantagem em prova

Redação - O Estado de S.Paulo

'Quem me passou teu contato foi o próprio Ricardo Justus', afirmou Montalvão durante ligação telefônica, forçando apresentador a realizar duas demissões; filho de Roberto Justus foi conselheiro em episódio do programa

Ricardo Justus como conselheiro de 'O Aprendiz', ao lado de seu pai, Roberto Justus.

Ricardo Justus como conselheiro de 'O Aprendiz', ao lado de seu pai, Roberto Justus. Foto: Twitter / @oaprendiznaband

O apresentador Roberto Justus demitiu o apresentador Montalvão do reality show O Aprendiz, da Band, após ele ter citado seu filho, Ricardo Justus, que era um dos conselheiros, para tentar convencer um funcionário de sua empresa a ajudá-lo durante uma prova.

O fato, que foi definido como "erro imperdoável" pelo apresentador, ocorreu na edição que foi ao ar na última segunda-feira, 6, em que o filho de Justus substituía Vivianne Brafmann na dupla de conselheiros do programa, ao lado do coach José Roberto Marques.

O participante PC Siqueira, da equipe de Montalvão, ligou para Ricardo Justus, com quem já havia tido contato em um episódio anterior do programa, para buscar uma parceria com sua empresa de realidade virtual para uma tarefa.

"Até aí, tudo ok. Pediu ao Ricardo Justus se poderia usar a empresa dele para uma ação de realidade virtual", salientou Roberto Justus, eximindo PC de culpa.

Em seguida, foi exibida a resposta de Ricardo na ligação: "Como eu sou conselheiro dessa prova, não posso me envolver diretamente porque eu estou julgando essa prova". Ele, então, passou apenas o telefone geral da empresa, disponível em seu site público, acessível a qualquer um: "me isentei completamente."

VEJA TAMBÉM: Conheça os participantes da nova edição de O Aprendiz

Instagram/@albertosolon
Ver Galeria 18

18 imagens

Na sequência, Roberto Justus exibiu o trecho em que Montalvão entra em contato com um funcionário da empresa de seu filho, que o deixou visivelmente irritado.

"Bom dia, Emerson. Quem me passou teu contato foi o próprio Ricardo Justus. A gente tá com uma ação [...] e falaram que você é o homem que resolve isso aí, é verdade?", começa Montalvão, ao telefone.

Após ser informado de que a empresa não faz esse tipo de ação, Montalvão rebate:  "Mas eu conversei com o Ricardo [Justus] e ele falou: 'liga na JK'. Então, assim... faz. Ou ele quer que, pelo menos, nessa ação, a Voyager [empresa do filho de Justus] esteja, porque senão ele não teria passado seu telefone pra gente, você concorda?"

Montalvão tentou se justificar para o apresentador: "A gente tem um dia pra fazer a tarefa. Eu tentei usar argumentos pra forçar, ser persuasivo". Roberto não se convenceu: "Argumentos não corretos".

VEJA TAMBÉM: Machado, agressão e amigo do diretor - relembre participantes expulsos de reality shows

Reprodução de 'Fazenda de Verão' (2012) / Record TV | Reprodução de 'Big Brother Brasil 17' (2017) / Globo | Reprodução de 'Big Brother Brasil 7' (2007) / Globo
Ver Galeria 8

8 imagens

Em seguida, Justus leu as regras de O Aprendiz:  "Nosso dossiê fala: 'Cada integrante não poderá dar uma impressão falsa sobre si mesmo, como por exemplo afirmar que pertence a uma instituição de caridade, falar em nome de pessoas famosas ou personalidades ou qualquer outro falso pretexto'. O que não pode é pagar qualquer preço pra ter alguma coisa. Eu sou muito chato com isso".

"Não dá pra aceitar. Montalvão, sem sala de reunião: você tá demitido. Fora do programa. Era um dos meus favoritos. [...] Você tá pagando caro pelo teu erro, podia ter ganho esse programa", concluiu.

"Quero lembrar que, num dos meus programas, o participante tentou subornar o fiscal com R$ 100 [relembre os detalhes clicando aqui]. O que é um crime? É roubar uma banana na feira ou assassinar uma pessoa? Qual deles não é delito? Os dois são delitos, o que muda é a pena à qual você vai estar sujeito", refletiu Roberto Justus.

Apesar da demissão 'extra', Justus não chegou a usar a palavra "expulso" ou "expulsão" para falar sobre o caso. Na sequência, o programa seguiu a normalidade, e foi feita a segunda parte da sala de reunião, com a demissão da participante Karla Amadori.

Justificativa de Montalvão após demissão em O Aprendiz

"Eu assumo meu erro. Não foi minha intenção. Ricardo, eu peço perdão. [...] O principal era conquistar o respeito do Brasil, e eu falhei miseravelmente nisso", lamentou Montalvão, durante o programa que foi ao ar.

Nos stories do perfil de O Aprendiz no Instagram, posteriormente, o participante falou sobre o tema: "No calor do momento, a gente tem que fechar tanta coisa, acabei me colocando numa posição do Ricardo Justus pra fechar o negócio... Realmente soou de uma maneira que não era pra ter soado. Não tem justificativa. Assistindo ao vídeo, assumo toda a responsabilidade."

Assista à íntegra da expulsão de Montalvão após ter citado o filho de Roberto Justus durante prova de O Aprendiz:

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Montalvão (@montalvaao) em