Nova versão de ‘Betty, a Feia’ contará com 1ª protagonista negra

João Pedro Malar* - O Estado de S.Paulo

Série será exibida a partir de 2021 na África do Sul, apresentando uma adaptação do sucesso colombiano

Versão sul-africana de 'Betty, a Feia', será protagonizada pela primeira vez por uma mulher negra

Versão sul-africana de 'Betty, a Feia', será protagonizada pela primeira vez por uma mulher negra Foto: Known Associates Entertainment / Divulgação

A novela Betty, a Feia é um sucesso mundial, e a versão original, exibida na Colômbia entre 1999 e 2001, foi adaptada em diversos países. Agora, a África do Sul ganhará uma nova versão da produção, que contará com a primeira mulher negra a interpretar a protagonista, Betty.

As informações sobre a adaptação foram divulgadas pela revista Variety nesta terça-feira, 20. Ela se chamará uBettina Wethu, e começará a ser gravada em janeiro de 2021. A ideia, segundo a revista, é que a série seja lançada na África do Sul em abril do mesmo ano, exibida na emissora pública SABC.

De acordo com a revista, a série contará a história de uma jovem inocente que vivia na área rural do país até conseguir um trabalho com um dos solteiros mais cobiçados da cidade de Johanesburgo. A protagonista irá passar por vários desafios até conseguir conquistar o coração do personagem e o sucesso no mundo dos negócios.

A primeira versão de Betty, a Feia, é colombiana, e conta a história de uma jovem matemática que enfrenta dificuldades em sua vida devido a sua aparência. A série foi adaptada em mais de 20 países, incluindo no Brasil, quando foi exibida em 2009 e protagonizada por Giselle Itié

Em entrevista, os responsáveis pela série já informaram que ela será estrelada por uma mulher negra. A versão sul-africana ganhou uma conta no Facebook e no Instagram com uma imagem de divulgação, mostrando uma mulher, mas ainda não foi confirmado se a jovem será a protagonista da série. 

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais