‘Não dá para deixar de sorrir, trepar e beijar por causa de política’, diz Luana Piovani

Redação - O Estado de S.Paulo

Atriz e o marido participaram do programa ‘Conversa com Bial’

A atriz Luana Piovani e o marido, o surfista Pedro Scooby.

A atriz Luana Piovani e o marido, o surfista Pedro Scooby. Foto: Divulgação/TV Globo

Luana Piovani e Pedro Scooby estão juntos desde 2013. O casal se conheceu em um camarote, no Rio de Janeiro, durante o Carnaval. Ambos participaram nesta quarta-feira, 17, do programa Conversa com Bial

Nos bastidores, antes da gravação, eles falaram sobre política. “As pessoas estão esquecendo o relacionamento e colocando a política acima de tudo”, disse Scooby. Ao lado do marido, Luana enfatizou: “Não dá para deixar de sorrir, trepar e beijar por causa de política”.

Já com Pedro Bial, a atriz e o surfista contaram detalhes sobre o relacionamento. Luana é 12 anos mais velha que o marido. “A minha vida é muito feliz e satisfatória ao lado do Pedro. Quando a gente casou, ele tinha 22 anos. Eu sei fazer essa conta. Ele também”, enfatizou a atriz. 

Luana Piovani também contou como encara a questão da fidelidade. “Não adianta ter 22 anos, gostar de ser casado com a Luana Piovani, ser pai daquelas três maravilhas e querer viver uma vida de solteiro”, declarou. 

O casal disse que existe um 'segredo' para manter o casamento saudável. “Sempre começo com uma lingerie. Tem que paquerar, conversar, dançar e durar pelo menos três horas. Homem tem essa ansiedade chata. É incrível! Eu seguro, senão dura quatro minutos”, revelou Luana ao dizer que tem encontros sexuais com o marido no banheiro de casa, para driblar as crianças. “Minha vontade é chegar com o pé na porta”, brincou Scooby.