Morre, aos 79 anos, a atriz e dubladora Maximira Figueiredo

Redação - O Estado de S.Paulo

Sua voz ficou marcada em personagens de desenhos como 'Doug', 'Babar' e 'Os Jetsons'

Maximira Figueiredo em cena de 'Pérola Negra', em 2001.

Maximira Figueiredo em cena de 'Pérola Negra', em 2001. Foto: SBT / Divulgação

Morreu nesta segunda-feira, 15, a atriz e dubladora Maximira Figueiredo Gagliano, aos 79 anos de idade.

Entre seus trabalhos mais marcantes estão a vilã Rosália, da novela Pérola Negra, e as vozes de personagens como a professora Wingo em Doug, a elefanta Celeste em Babar e a robô Rosie em Os Jetsons. Também integrou o elenco da TV Paulista no início da década de 1960.

A notícia foi publicada nas redes sociais de sua colega de dublagem, Alessandra Araújo. "Com muito pesar, informo o falecimento da grande atriz e dubladora Maximira Figueiredo Gagliano", informou.

Maximira Figueiredo no início dos anos 1960, época em que trabalhou na TV Paulista.

Maximira Figueiredo no início dos anos 1960, época em que trabalhou na TV Paulista. Foto: Arquivo / Estadão

Segundo a postagem, o sepultamento deve ocorrer na próxima terça-feira, 16, às 16h, na Praia Grande. O velório ocorre no mesmo dia a partir das 9h.

Seu filho, Leonardo Gagliano, também usou as redes sociais para postar uma foto ao lado da mãe em sua infância.

Relembre a seguir alguns dos trabalhos mais conhecidos de Maximira Figueiredo:

Maximira Figueiredo no início dos anos 1960, época em que trabalhava na TV Paulista.

Maximira Figueiredo no início dos anos 1960, época em que trabalhava na TV Paulista. Foto: Arquivo / Estadão

VEJA TAMBÉM: Conheça os donos das vozes que ouvimos na TV

Paulo Pinto / Estadão | Reprodução de cena de 'Chaves' / SBT
Ver Galeria 18

18 imagens