Marvel abre a possibilidade de criar um herói gay em seus próximos filmes

Redação - O Estado de S.Paulo

'Se não acelerarmos a pluralidade, nós não teremos sucesso', afirmou produtora

Marvel Studios.

Marvel Studios. Foto: Marvel Studios/Divulgação

A Marvel sinalizou na quinta-feira, 7, durante o lançamento de Capitã Marvel, em Los Angeles, que existe a possibilidade de a produtora criar um herói gay em seus próximos filmes.

Segundo a produtora cinematográfica da marca, Victoria Alonso, o mundo está preparado para abraçar a diversidade, e a empresa precisa acompanhar isso para não ficar para trás. "Nossa audiência é global e inclusiva. Se não acelerarmos a pluralidade, nós não teremos mais sucesso", afirmou à Variety.

A Marvel já apontou para essa abertura em Deadpool II com a heroína lésbica Míssil Adolescente, interpretada pela atriz Brianna Hildebrand.