Marlene Matos, ex-empresária da Xuxa, proibia relação entre paquitos e paquitas

Redação - O Estado de S.Paulo

Ex-paquitos relembraram detalhes do passado e apresentadora manda recado durante a entrevista

Egon Barbosa, Robson Barros e Marcelo Faustini, da esquerda para a direita, durante entrevista com o apresentador Fábio Porchat.

Egon Barbosa, Robson Barros e Marcelo Faustini, da esquerda para a direita, durante entrevista com o apresentador Fábio Porchat. Foto: Youtube / Programa do Porchat

Três dos cinco ex-paquitos da Xuxa foram entrevistados no Programa do Porchat na segunda-feira, 30. Egon Barbosa, Robson Barros e Marcelo Faustini, que fizeram sucesso na década de 1990, recordaram o assédio do público, a relação com as paquitas e o ganho financeiro que a popularidade lhes garantiu.

Eles disseram que não conseguiam sequer almoçar sem parar para dar autógrafo e tirar fotos. "As fãs arrombaram uma porta de ferro do palco num show. Nosso segurança mandou a gente sair correndo para a van, fomos arranhados", afirmou Robson.

A proteção aos adolescentes, que tinham cerca de 17 anos, se estendia também para relacionamentos. Marcelo, que namorou a ex-paquita Bianca Rinaldi, contou que a ex-empresária de Xuxa, Marlene Matos, proibia a relação entre os meninos e as meninas do grupo. "Quando foi formada a equipe, a Marlene chamou a gente na produção e falou: 'não quero saber de sacanagem entre vocês e as garotas, hein?'. Foi a primeira coisa que ela disse. Você vai falar isso para um garoto de 17 anos? É a mesma coisa que falar 'vai'", relembrou rindo.

Os jovens recebiam o salário da Xuxa Produções, da Globo e os lucros dos filmes, discos e turnês que faziam. Egon revelou, inclusive, que foi intimidado pela Receita Federal por esquecer de declarar uma dessas fontes de renda. "Eu me perdia. Caí até na malha fina por esquecer de declarar os ganhos que tive com a gravadora".

Xuxa apareceu em um telão durante o programa e contou que fica feliz em fazer parte da história dos ex-paquitos. "Escolhemos a dedo essas pessoinhas pela carinha e o jeitinho. Eu queria ver a roupa deles, como dançavam, cantavam, queria tudo. Fico muito orgulhosa quando vejo minhas paquitas e meus paquitos falando o que fazem. Eu fico toda boba! A tia Xuxa adora", confessou.