Mãe de Paulo Gustavo homenageia filho no 'Criança Esperança'

Redação - O Estado de S.Paulo

'Ele ensinou que rir é um ato de resistência', disse Dea Lúcia

Dea Lúcia durante o 'Criança Esperança 2021'

Dea Lúcia durante o 'Criança Esperança 2021' Foto: Twitter/ @tvglobo

O Criança Esperança foi transmitido na noite desta segunda-feira, 23, na Globo. O show foi encerrado com uma homenagem emocionante da mãe de Paulo Gustavo às vítimas de covid-19.

Ao lado de Ivete Sangalo e Iza, Dea Lúcia cantou a música O sol nascerá, de Cartola e Elton Medeiros. Ela também lembrou do filho e falou sobre a contribuição do artista para a sociedade. 

"Paulo Gustavo não dava conselhos, seu modo de ser e de viver era o próprio recado, era a própria esperança. O humor era uma forma de viver, que troca as lamentações pela graça, a piada, a generosidade e o trabalho firme", lembrou ela, visivelmente emocionada.

"Passou a mocidade sorrindo em sua passagem acelerada e luminosa entre nós. Ensinou e mostrou, de verdade, que rir é um ato de resistência, uma forma de amar o próximo, um ato de coragem. Acreditava que finda a tempestade, o sol sempre nascerá. E que não é preciso procurar muito para encontrar alguém para amar. E fez isso tudo sorrindo", continuou.

Ao terminar de cantar a canção escolhida para encerrar o show, a matriarca olhou para o céu e comemorou:"Consegui, meu filho". Em seguida, ela defendeu que os políticos valorizem a educação, tema da edição deste ano do Criança Esperança. Confira: