John Green comemora adaptação de 'Quem é Você, Alasca?' para série de TV

Redação - O Estado de S.Paulo

Série sobre o livro que foi lançado em 2005 será exibida na plataforma de streaming Hulu

Livro 'Quem é Você, Alasca?' vai virar série, que será exibida pela plataforma de streaming Hulu.

Livro 'Quem é Você, Alasca?' vai virar série, que será exibida pela plataforma de streaming Hulu. Foto: Hyndara Freitas

Na última quinta-feira, 10, a Hulu anunciou que vai estrear uma série inspirada no livro Quem é Você, Alasca?, de John Green. A produção terá oito episódios inicialmente e ainda não tem data de lançamento confirmada.

Após o anúncio, o autor fez uma sessão de perguntas e respostas com fãs no Reddit, na qual se mostrou muito feliz pela produção.

"Eu andava conversando sobre como fazer isso. Nós deveríamos tentar novamente fazer um filme, ideia que nunca foi pra frente? Ou nós deveríamos procurar por novas maneiras de contar histórias visuais que tornam possível contar uma história mais extensa, maior?", Green disse. "Eu era apenas uma voz na conversa, mas definitivamente senti que minha voz foi ouvida".

A produção de Quem é Você, Alasca? será da Paramount TV e da Fake Empire, companhia de Josh Schwartz e Stephanie Savage. Schwartz, inclusive, será um dos produtores executivos e roteiristas da série, e já tentava adaptar a história de Green há muitos anos. Savage também será uma das produtoras executivas. 

"Foram longos 13 anos tentando descobrir como adaptar Quem é Você, Alasca, mas Josh deu atenção ao livro antes mesmo de qualquer pessoa tê-lo lido, e ele e Stephanie trabalharam muito para que esse momento chegasse, e eu estou muito animado. Eu sei que eles ligam muito para o livro e trabalharam muito nesses anos para levá-lo a um bom lugar – e eu acho que realmente está aqui – então, eu estou esperançoso!", falou ele, que também vai ser produtor executivo, mas não pretende interferir diretamente no roteiro.

A Paramount Pictures comprou os direitos da obra em 2005, e Schwartz estava pronto para fazer o filme, mas o projeto foi engavetado. Anos depois, outros livros de Green foram adaptados para o cinema, como o sucesso de bilheteria A Culpa é das Estrelas, em 2014, e Cidades de Papel, de 2015.