Hollywood teve número recorde de diretoras em 2019, segundo estudos

Jill Serjeant - Reuters

As mulheres representaram 10,6% entre diretores dos principais filmes do ano passado, mais que o dobro da porcentagem em 2018

Jennifer Lee é uma dos criadores de 'Frozen' e dirige o filme junto com Chris Buck.

Jennifer Lee é uma dos criadores de 'Frozen' e dirige o filme junto com Chris Buck. Foto: Magdalena Wosinska/The New York Times

O número de mulheres atrás das câmeras dos filmes de Hollywood teve recordes em 2019, com 12 dirigindo grandes sucessos de bilheteria, incluindo Frozen 2, Capitã Marvel e As Golpistas. Os dados são de dois estudos divulgados nesta quinta-feira, 2.

Mulheres representaram 10,6% entre diretores dos principais filmes do ano passado, mais que o dobro da porcentagem em 2018.

Trata-se também da maior porcentagem de diretoras mulheres na última década, segundo o estudo da Iniciativa Annenberg de Inclusão da Universidade do Sul da Califórnia.

Elas representam 20% de todos os profissionais de direção, roteiro, produção, edição e fotografia nos longas-metragens de maior arrecadação em 2019, subindo de 16% no ano anterior, informou o relatório do Centro de Estudos sobre Mulheres na Televisão e no Cinema da Universidade Estadual de San Diego.

"Essa é a primeira vez que registramos uma mudança nas práticas de contratação para diretoras femininas nos últimos 13 anos", disse a autora do estudo Annenberg, Stacy L. Smith. Os filmes Adoráveis Mulheres, de Greta Gerwig, e Fora de Série, de Olivia Wilde, também ajudaram os números recorde.