Fora da TV há três anos, Maria Paula estreia em 'A Liga'

André Carmona - Especial para o Estado

Atriz participou do 'Casseta & Planeta' por 17 anos e atuou em 'Malhação', na temporada 2012-2013

Os integrantes de 'A Liga': Mariana Weickert, Thaíde, Guga Noblat e Maria Paula

Os integrantes de 'A Liga': Mariana Weickert, Thaíde, Guga Noblat e Maria Paula Foto: Divulgação|Band

Reformulado, o programa A Liga, da Band, já estreia sua sexta temporada na segunda-feira, 18, às 22h45, ocupando a lacuna deixada pelo extinto CQC. Além do destaque na grade, a atração vem ao ar com novidades no que diz respeito à estética visual, que se aproxima mais de uma linguagem cinematográfica. Mas não só. A equipe também passou por mudanças. Sem trabalhar na TV aberta há três anos, a atriz e apresentadora Maria Paula junta-se ao time de repórteres, assim como o ex-CQC Guga Noblat. Eles entram nos lugares de Mel Fronckowiak e Cazé Peçanha. Os veteranos Thaíde e Mariana Weickert permanecem na atração.

No ar desde 2010, A Liga tem como principal característica a abordagem nada convencional de assuntos que, por vezes, são deixados de lado pela grande mídia, seduzindo e conquistando o público. Nos novos episódios, por exemplo, serão tratados temas como a vida dos bilionários brasileiros, a rotina da polícia científica e o submundo das favelas em guerra. Sempre a partir de um ponto de vista realista e visceral. E esse foi, justamente, o motivo que fez Maria Paula desistir de dar um tempo na carreira televisiva e aceitar o desafio de ser repórter da atração.

“Minha vida já teve de tudo e eu sou uma pessoa que adora desafio. No momento, eu estava mesmo pensando em dar um tempo da TV. Então, quando pintou o convite para A Liga, eu fiquei balançada, pois tinha todos os elementos que eu precisava. Encarar essa experiência, me sentir sem referência, sair da minha zona de conforto e poder me reinventar é um privilégio. Acima de tudo, é um programa no qual eu acredito”, contou Maria Paula, afastada da TV desde 2013, quando interpretou Bárbara em Malhação (Globo).

Com os pés fincados no humor (ela apresentou o Casseta & Planeta por 17 anos), Maria Paula já está enfrentando algumas dificuldades em sua nova empreitada, que começou, como disse ela, “sem filtros”. “Logo depois da primeira filmagem, quando me mandaram para um cemitério clandestino, eu pensei em desistir. Infelizmente, ou felizmente, eu já havia assinado o contrato”, divertiu-se, apesar da seriedade do assunto.

“A essa altura da minha carreira, é uma cereja no bolo. Quando eu vi o primeiro material editado, pensei: ‘Que orgulho fazer parte desse time e estar nessa galera’. Mesmo depois de tanto tempo em frente às câmeras, eu encaro como um recomeço, com gratidão”, confessou.

A atriz Maria Paula em uma das esquetes de 'Casseta & Planeta'

A atriz Maria Paula em uma das esquetes de 'Casseta & Planeta' Foto: Divulgação|Globo

 

Dupla jornada

Por falar em retornos, Maria Paula confirmou sua participação no revival do Casseta & Planeta, que terá uma nova temporada exibida pelo Multishow, provavelmente em outubro. Com novo formato, o humorístico vai trazer, de modo ficcional, um panorama hipotético sobre o rumo que tomou a vida dos 'cassetas' depois do fim da atração, em 2010.

Sobre questões contratuais, ela explicou: “Não tem nenhum problema. Meu contrato com a Band é para TV aberta. O Multishow é TV fechada, um não afeta o outro, pelo contrário: acredito até que seja bom, há um diálogo, um chama público para o outro”.

Além disso, ela se disse muito interessada no novo humor da televisão e reforçou o prazer de estar sempre na vanguarda. “Quando entrei na MTV, a emissora tinha uma linguagem que mudou completamente a cara da TV brasileira. Quando eu entrei no Casseta & Planeta, foi a mesma coisa. Depois de 17 anos, a novidade se foi, mas o humor que está sendo feito hoje só é possível porque, no passado, fizemos aquilo. Agora, me sinto novamente nessa posição, só que no jornalismo”, finalizou.

 

Leia também no E+:

No episódio de maior audiência da temporada, Fernando é eliminado do Masterchef

Ratinho afirma que tem trauma de barata