Faustão reprisa concurso para bailarina do É o Tchan com Viviane Araújo e internautas reagem; veja

Camila Tuchlinski - O Estado de S.Paulo

Durante a quarentena, o público se divertiu ao som da banda de axé que foi sucesso nos anos 1990

Fausto Silva reprisa concurso para 'a nova morena do Tchan', de 1997, disputado entre Viviane Araújo e Scheila Carvalho.

Fausto Silva reprisa concurso para 'a nova morena do Tchan', de 1997, disputado entre Viviane Araújo e Scheila Carvalho. Foto: Reprodução/Globo/Instagram/@araujovivianne

Nos idos dos anos 1990, o grupo É o Tchan era um fenômeno do axé. E, aproveitando o sucesso, fazia uma espécie de ‘rodízio’ entre as bailarinas que o acompanhava. Neste domingo, 19, Fausto Silva decidiu reprisar uma das disputas mais acirradas da história da banda: Viviane Araújo contra Scheila Carvalho. Uma das duas seria ‘a nova morena do Tchan’.

O grupo É o Tchan se chamava Gera Samba antes de 1994 e tinha como bailarinas titulares Carla Perez e Débora Brasil.

Desde meados de março, o Domingão do Faustão não tem mais platéia por causa do novo coronavírus. O programa está sendo marcado por reprises de quadros e apresentação de artistas nacionais e internacionais.

Em 1997, Scheila Carvalho venceu a disputa na ocasião. Viviane Araújo fez participações em novelas da TV Globo, na Escolhinha do Professor Raimundo e ganhou notoriedade atuando como rainha de bateria em diversas escolas de samba em São Paulo e no Rio de Janeiro durante o carnaval.

Neste domingo, 19, Faustão também decidiu exibir o concurso ‘da nova loira do Tchan’, feito em 1998, cuja vencedora foi Sheila Mello. Além desses momentos, o Domingão do Faustão exibiu as principais coreografias do grupo. 

Assista aos vídeos:

 

Nas redes sociais, os internautas se divertiram com as reprises durante a quarentena por causa da pandemia do novo coronavírus.

“O mundo acabando e eu aqui dançando É o Tchan com o Faustão. Ah, o auge da quarentena Brasil”, escreveu um seguidor no Twitter. “Faustão mais uma vez nos levando a uma época em que o brasileiro era genuinamente feliz”, disse outro. Confira.