Ex-integrante da banda Polegar revela que está endividado e considerou suicídio

Redação - O Estado de S.Paulo

Em entrevista a Rodrigo Faro, Ricardo Costa disse que passou por situações que nunca imaginou

Ex-Polegar está com pensão e alugel atrasados

Ex-Polegar está com pensão e alugel atrasados Foto: Antonio Chahestian/Record TV

Ricardo Costa, ex-integrante da banda Polegar, revelou ao apresentador Rodrigo Faro que, em momentos de desespero, pensou em cometer suicídio. O cantor disse que passava por um momento complicado e ficou desesperado. 

"A gente começa a ficar desesperado e, às vezes, bate a fraqueza", disse Costa. "Eu tive um problema, questão de uns oito meses atrás, que me deixou muito triste, eu não pensei que fosse acontecer comigo. Eu cheguei a ficar em coma por nove dias [...]. Isso agravou mais ainda situação", afirmou o ex-participante da banda. O caso ocorreu em 2016, quando ele foi agredido e ficou internado no Hospital Regional de Taubaté, em São Paulo. 

Costa passa atualmente por graves problemas financeiros. A Rodrigo Faro, ele afirma que trabalha todos os dias da semana em seu ônibus, transformado em uma lanchonete, mas não consegue pagar suas dívidas. 

"Eu tenho que agradecer a Deus pelo que eu tenho ainda, mas é desesperador. É pensão atrasada, aluguel atrasado", afirma. Para pagar o que deve, disse a Faro, ele tenta vender seu caminhão, avaliado em R$ 110 mil.  

A banda Polegar, integrada por Ricardo Costa, Alan Frank, Alex Gill e Rafael Ilha foi criada em 1989 e fez sucesso no começo dos anos 1990. 

Veja outros artistas que tiveram dificuldades para se manter em suas profissões: