'Eu queria ser qualquer coisa, menos cantor', diz Fiuk

- Bang Showbiz

Cantor deu entrevista a Xuxa e revelou que a ausência do pai impactou sua infância

Fiuk revelou que quando era criança não queria ser cantor.

Fiuk revelou que quando era criança não queria ser cantor. Foto: Divulgação/Record

Fiuk revelou que quando era criança não queria ser cantor, pois sentia um pouco de asco ao ver seu pai ausente de casa por conta da música.

Em entrevista ao programa Xuxa Meneghel dessa segunda-feira, 11, o filho do cantor Fábio Jr. revelou ainda que escondeu da família sua paixão pelos palcos na adolescência por conta dessa vergonha que sentia quando era pequeno. 

"Eu era criança e não entendia porque meu pai era ausente, depois eu entendi. Eu peguei um pouco de asco, eu pensava: 'não vou fazer o que meu pai faz porque ele é ausente'. Eu era muito sensível. Eu queria ser qualquer coisa, menos cantor. Minha mãe que me salvou disso, ela me obrigou a fazer aula de violão", disse.

Fiuk só se deu conta de que estava realmente envolvido pela música quando se viu compondo canções para uma menina pela qual estava apaixonado. 

"Eu me apaixonei por uma garota e quando me dei conta já estava fazendo a terceira música para ela e já estava com banda na escola. Tudo isso escondido da minha mãe e do meu pai. Demorei anos pra falar pro meu pai que eu tinha banda. Minha primeira guitarra quem me deu foi a minha mãe, sem meu pai saber. Naquela altura eu não gostava de fazer outra coisa na vida, só queria saber de cantar e compor", explicou.

Questionado por Xuxa se ele estava namorado no momento, Fiuk preferiu dizer que está enrolado, alegando que não dá mais rótulos para seus relacionamentos. 

Por fim, o jovem cantor e ator disse que no amor é muito mais tranquilo que seu pai e gosta de manter suas relações bem discretas. "Eu sou mais quieto que ele. Claro que eu gosto muito (de mulher), mas eu tento não me envolver tanto na mídia. Eu tive um namoro meio conturbado. Talvez por eu ser muito sensível, não soube lidar muito bem com a história", finalizou.