Estúdios disputam gravação do musical 'Hamilton' para ser exibida nos cinemas

Redação - O Estado de S.Paulo

Warner Bros. e Fox, entre outros, estão negociando os direitos que podem passar de R$ 185 milhões

Estúdios estão disputando os direitos de exibição no cinema do musical 'Hamilton', sucesso na Broadway

Estúdios estão disputando os direitos de exibição no cinema do musical 'Hamilton', sucesso na Broadway Foto: Sara Krulwich/The New York Times

O musical Hamilton, que conta a vida de um dos pais da Independência dos Estados Unidos, Alexander Hamilton, se tornou um verdadeiro fenômeno cultural desde a sua estreia na Broadway em fevereiro de 2015. Agora, estúdios estão disputando a gravação de uma dessas apresentações, feita em 2016, para ser exibida nos cinemas do mundo inteiro.

Segundo o The Wall Street Journal, estúdios grandes como a Warner Bros.  Pictures e a Twentieth Century Fox estão negociando com Lin-Manuel Miranda, criador e protagonista do musical, para a compra dessa gravação e a disputa pode fazer com que o valor da obra ultrapasse US$ 50 milhões (cerca de R$ 185 milhões).

O acordo faria com que os estúdios pudessem transmitir Hamilton após 2020 ou 2021, quando acaba o acordo de exclusividade do musical com o Richard Rodgers Theatre, onde é exibida em Nova York. Uma fonte ouvida pelo site Deadline explica que a compra de direitos para os cinemas de peças são raros e mostra a força que o musical, ganhador de 11 prêmios Tony, tem.