'Emprestei meu talento e eles escondem', diz Celso Freitas sobre comemorações do 'Jornal Nacional'

Redação - O Estado de S.Paulo

Apresentador, que atualmente está na Record TV, falou sobre o fato de não ter sido 'convidado' para festividades dos 50 anos do 'JN' na Globo

Cid Moreira ao lado de Celso de Freitas no 'Jornal Nacional', em foto de 1990.

Cid Moreira ao lado de Celso de Freitas no 'Jornal Nacional', em foto de 1990. Foto: Arquivo / Estadão

O jornalista Celso Freitas, que apresentou o Jornal Nacional entre 1983 e 1989, ao lado de Cid Moreira, falou sobre o fato de não ter participado das comemorações referentes aos 50 anos do JN em entrevista ao TV Fama na última quinta-feira, 5.

"Não fui convidado. Acho que sou considerado persona non grata", afirmou Celso, que atualmente é apresentador do Jornal da Record, principal telejornal da Record TV.

Na sequência, prosseguiu: "Em momento nenhum ouvi citação ao meu nome. Não gostaria de ser convidado, não, até entendo que não caberia um convite para estar presente ou coisa parecida. Mas uma omissão de 32 anos dedicados a uma empresa..." 

VEJA TAMBÉM: Personalidades que criticaram programas e emissoras nos quais trabalharam

J. F. Diorio / Estadão
Ver Galeria 10

10 imagens

"Eu emprestei meu talento, participei de grandes acontecimentos da história brasileira, narrando, apresentando, e eles simplesmente escondem. Será que mudar de time é uma doença contagiosa?", desabafou.

A Globo vem apresentando diversos materiais em homenagem ao aniversário do Jornal Nacional, que completou 50 anos no último dia 1º de setembro, ao longo deste mês.

Entre elas, está o rodízio de 27 apresentadores, espalhados pelos Estados brasileiros, que passarão pela bancada do telejornal aos sábados (clique aqui para conferir a lista).

VEJA TAMBÉM: Assim como Evaristo Costa, estes jornalistas também rejeitaram a Globo

Zé Paulo Cardeal / Globo
Ver Galeria 16

16 imagens