Elenco de ‘13 Reasons Why’ consegue aumento salarial e produção da série será retomada

Redação - O Estado de S.Paulo

O protagonista Dylan Minnette irá receber cerca de R$ 755 mil por episódio

O elenco de '13 Reasons Why' recebeu um aumento salarial da Netflix e a produção da terceira temporada irá ocorrer normalmente

O elenco de '13 Reasons Why' recebeu um aumento salarial da Netflix e a produção da terceira temporada irá ocorrer normalmente Foto: Beth Dubber/Netflix

A Netflix e o elenco da popular série 13 Reasons Why chegaram a um acordo que garante um aumento salarial para a produção da terceira temporada, que estava ameaçada de ter seu início atrasado por conta do imbróglio. Segundo o site Deadline, nunca houve um temor real que esse acordo não fosse alcançado.

O protagonista Dylan Minnette, intérprete de Clay Jansen, vai receber em torno de US$ 200 mil (aproximadamente R$ 755 mil) por episódio, enquanto Brandon Flynn, Alisha Boe, Justin Prentice, Christian Navarro, Miles Heizer, Devin Druid e Ross Butler serão pagos US$ 135 mil (R$ 527 mil) por episódio na terceira temporada com aumento para US$ 150 mil (cerca de R$ 565 mil) caso a série seja renovada para uma quarta temporada, de acordo com o site.

É comum a Netflix dar aumento de salário para os atores quando uma série chega na sua terceira temporada. Em março de 2018, a plataforma de streaming já havia fechado um novo acordo com o elenco de Stranger Things, o que movimentou os participantes de 13 Reasons Why para fazer o mesmo.

A produção da terceira temporada de 13 Reasons Why havia começado na segunda-feira, 12, dentro do cronograma, o que animou os produtores que o acordo estaria próximo. A previsão de estreia dos novos episódios é para o primeiro semestre de 2019.