Conheça Jamie Campbell Bower, ator do Vecna, de 'Stranger Things'

Julia Queiroz* - O Estado de S. Paulo

Intérprete do vilão da quarta temporada, ele já participou de franquias como ‘Harry Potter’ e ‘Crepúsculo’ e tem carreira como músico

Jamie Campbell Bower interpretou Vecna na quarta temporada de 'Stranger Things'. A preparação para entrar no personagem levava cerca de sete horas.

Jamie Campbell Bower interpretou Vecna na quarta temporada de 'Stranger Things'. A preparação para entrar no personagem levava cerca de sete horas. Foto: REUTERS/Toby Melville e Netflix

Se você assistiu à quarta temporada de Stranger Things, que teve sua conclusão lançada nesta sexta, 1º, na Netflix, com certeza teve arrepios com o vilão Vecna. Por trás da aparência assustadora, no entanto, existe uma pessoa: o ator Jamie Campbell Bower

A construção do personagem não foi fruto de efeitos especiais. Bower revelou que passava cerca de sete horas e meia com a equipe de maquiagem e próteses para chegar ao aspecto do vilão, e depois mais 60 minutos para retirar todo o 'figurino'.

Ao site The Wrap, o ator comentou que o pouco uso de efeitos especiais trouxe mais realismo à série: "Estamos interagindo em vez de ficar na frente de uma bola de tênis em um bastão ou de um recorte de papelão de alguma coisa. Cria uma verdade e uma realidade para a performance e o medo. O terror é amplificado, porque é uma pessoa real". 

Mas as suas cenas na série não foram só enquanto estava caracterizado como Vecna. Ele também interpreta Peter, o enfermeiro que se torna amigo da jovem Eleven (Millie Bobby Brown) no laboratório de Dr. Brenner (Matthew Modine).

Com as revelações do sétimo episódio, evidentemente, descobrimos que eles são a mesma pessoa. "Por fora, ele parece estar sendo legal, mas há algo de errado com essa pessoa. [E é] porque há. Está lá. Esse era o objetivo predominante. Eu meio que tive que mascarar isso", disse ao veículo.

 

 

Por outro lado, interpretar um vilão não é novidade para Bower. O ator, que tem 33 anos, tem uma lista de filmes conhecidos na carreira e já viveu antagonistas em grandes franquias, como Harry Potter e Crepúsculo

 

Início da carreira

Natural de Londres, na Inglaterra, Bower fez sua estreia no cinema com o musical Sweeney Todd, o Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet ao lado de grandes nomes, como Johnny Depp, Helena Bonham CarterAlan Rickman.

O filme foi dirigido por Tim Burton e Bower interpreta Anthony, um navegante que ajuda o protagonista ao permitir que ele entre em seu navio a caminho de Londres.

Nos anos seguintes, o ator conseguiu papéis no filme Rock'n'Rolla: A Grande Roubada (2008), ao lado de Idris Elba e Tom Hardy, e na minissérie The Prisoner (2009) com o veterano Ian McKellen.

 

 

 

Crepúsculo e Harry Potter

Em 2009, Bower fez sua estreia na franquia Crepúsculo, adaptação dos livros de Stephenie Meyer e sucesso entre o público jovem. Ele interpreta o vampiro Caius, um dos três líderes antigos da família Volturi.

O clã é um dos antagonistas da saga e entra em conflito com a família de Edward (Robert Pattinson). Bower aparece em três dos cinco filmes da franquia: Lua Nova (2009), Amanhecer - Parte 1 (2011) e Amanhecer - Parte 2 (2012).

A relação do ator com produções de fantasia não parou por aí e ele foi escalado para viver a versão jovem do bruxo das trevas Gellert Grindelwald em Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 1 (2010). 

A participação dele na saga foi pequena, mas rendeu seu retorno anos mais tarde para a franquia spin-off Animais Fantásticos. Em Os Crimes de Grindelwald (2018), ele voltou a interpretar o vilão em frashblacks de sua versão mais jovem. 

 

 

Camelot Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos

Entre 2011 e 2013, Bower conquistou o papel de protagonista em duas grandes produções que acabaram não indo para frente. Ele interpretou o Rei Arthur em Camelot (2011), série que foi cancelada pelo canal Starz depois de uma temporada.

Mais tarde, ele foi escolhido para dar vida a Jace em Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos (2013). O filme teria sido o primeiro de uma franquia que adaptaria a série de livros de fantasia de mesmo nome da autora Cassandra Clare.

A sequência para o longa havia sido confirmada e a pré-produção chegou a começar, mas foi cancelada depois que o primeiro filme não teve um  bom desempenho nas bilheterias.

 

 

Carreira musical 

Além do seu trabalho nas telinhas e telonas, Bower também se dedica à música. Em 2015, ele formou a banda de punk rock Counterfeit ao lado de três amigos e de seu irmão, Sam Bower. Ele atuava como guitarrista e vocalista. 

Em 2017, o grupo lançou o álbum de estúdio Together We Are Stronger e, dois anos depois, as músicas It Gets Better, The New Insane e 11:44. Elas teriam integrado o segundo disco, mas a banda anunciou a separação em novembro de 2020.

A partir daí, Bower continuou com projetos solo. Em maio deste ano, no mesmo dia do lançamento da quarta temporada de Stranger Things, ele divulgou duas faixas: Run On e Devil In Me

 

 

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais