Com falta de material exclusivo, 'Fofocando' terá entrevistas com artistas

Gabriel Perline - O Estado de S.Paulo

Programa estreou na segunda-feira, 1, e não foi bem na audiência

Foto: Reprodução/YouTube

Feito às pressas, o Fofocando começa a ganhar reforços para criar sua própria identidade. A partir desta terça-feira, o programa comandado por Leão Lobo e Mamma Bruschetta passará a ter reportagens exclusivas com artistas.

O repórter Roger Turchetti, que havia sido escalado para reforçar o telejornal Primeiro Impacto, deixa o noticiário matinal para se dedicar com exclusividade à nova aposta de Silvio Santos.

Conforme antecipado pelo E+, o Fofocando não estreou bem e fez a audiência do SBT cair, deixando a emissora em terceiro lugar. E há motivos de sobra para o programa ter ido mal das pernas: foi feito às pressas, o formato é engessado (os apresentadores ficam atrás de uma bancada de telejornal), falta de fofocas exclusivas e muita, mas muita bajulação aos artistas da casa.

A chegada de Roger é aguardada com ansiedade pela equipe, já que o principal ponto fraco do programa é a inexistência de fofocas quentes, algo que os telespectadores de Fabíola Reipert (alvo de Silvio Santos), da Record, buscam avidamente.