'CNN' retira capítulos de ‘Parts Unknown’ com Asia Argento após denúncia de assédio

Redação - O Estado de S.Paulo

Rede americana tirou três episódios em que a atriz aparece com Anthony Burdain

A atriz Asia Argento

A atriz Asia Argento Foto: Valery Hache/ AFP

A rede de televisão CNN decidiu retirar três episódios da série Parts Unknown em que Asia Argento aparece. Em comunicado oficial, a empresa disse que “a luz das recentes notícias sobre Asia Argento, a CNN deixará de exibir episódios passados de Parts Unknown em que a atriz aparece até um novo aviso”. Ela aparece em um capítulo da temporada oito em que Anthony Burdain viajou para Roma. Além disso, está em outro episódio da temporada dez, também filmado na Itália, e dirigiu um terceiro em que o protagonista visitou alguns lugares em Hong Kong.

De acordo com o The New York Times, a atriz, uma das primeiras mulheres a falar publicamente que foi estuprada por Harvey Weinstein, abusou do ator Jimmy Bennett em 2013. Na época dos fatos, ele tinha 17 anos. A italiana, ainda segundo a publicação, teria oferecido R$ 1,5 milhão pelo silêncio dele. Ela alega que Weinstein teria pago Bennett para fazer tais acusações. Em agosto, Bennett concedeu entrevista ao NYT e decidiu romper o silêncio sobre o caso."Meu trauma ressurgiu quando ela apareceu como uma vítima", alegou. 

Chef de cozinha Anthony Bourdain, morto em 8 de junho, e sua companheira, a atriz Asia Argento

Chef de cozinha Anthony Bourdain, morto em 8 de junho, e sua companheira, a atriz Asia Argento Foto: Brendan McDermid/Reuters

Os episódios foram eliminados das plataformas de streaming CNN e CNN Go assim que Jimmy Bennet acusou Argento de abuso sexual quando ele era menor de idade. Ela nega as acusações. Pela mesma razão, a atriz deixou de fazer parte do corpo de jurados do reality X Factor Italia.