Chefe dos estúdios Marvel queria que todos os Vingadores originais morressem em 'Ultimato'

Julia Queiroz* - O Estado de S. Paulo

Os diretores do filme, Joe e Anthony Russo, revelaram que Kevin Feige deu a ideia nos estágios iniciais da produção

'Vingadores: Ultimato' chegou aos cinemas em 2019 e encerrou a Fase 3 de filmes do Universo Cinematográfico da Marvel.

'Vingadores: Ultimato' chegou aos cinemas em 2019 e encerrou a Fase 3 de filmes do Universo Cinematográfico da Marvel. Foto: Marvel

Muitos fãs da Marvel ficaram tristes com as mortes que aconteceram em Vingadores: Ultimato, mas de acordo com os diretores do filme, os irmãos Russo, a matança poderia ter sido ainda pior. 

Em entrevista ao podcast Happy, Sad, Confused, do apresentador Josh Horowitz, Joe e Anthony revelaram que Kevin Feige, presidente dos estúdios Marvel, considerou matar todos os Vingadores originais no longa.

"Existiam muitos rumores sobre quem iria morrer. Kevin, em certo momento, realmente deu a ideia de tirarmos todos os originais da jogada. Nós achamos que era agressivo demais, que a audiência não conseguiria processar e seria melhor escolhermos um ou dois personagens para realizarem sacrifícios durante o filme", disse Joe.

Caso a ideia fosse para frente, todos os integrantes do grupo composto por Homem de Ferro, Capitão América, Hulk, Thor, Viúva Negra e Gavião Arqueiro teriam morrido no filme. Contudo, os irmãos também esclareceram que a discussão aconteceu no início da produção e que nunca houve um roteiro com este final escrito. 

 

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais