Cena de novela do SBT é criticada por sugerir que racismo 'está na cabeça' dos negros

Redação - O Estado de S.Paulo

Emissora se defende, dizendo que a novela tem o papel de debater questões sociais 'como o enfrentamento ao racismo'

Novela do SBT está sendo alvo de críticas após cena que aborda racismo.

Novela do SBT está sendo alvo de críticas após cena que aborda racismo. Foto: Reprodução de cena de 'As Aventuras de Poliana'/SBT

Uma cena que foi ao ar na última quarta-feira, 8, em As Aventuras de Poliana, novela do SBT, está sendo alvo de críticas por sugerir que o racismo é fruto de uma criação dos próprios negros. Nas redes sociais, muitos internautas acusam a emissora de influenciar negativamente os telespectadores da novela, majoritariamente infantil.

Na cena, a personagem Késsya (Duda Pimenta) fala para a coordenadora Helô (Elina de Souza) que foi acusada injustamente de roubar uma estátua da escola, e que isso só ocorreu porque ela é negra. "Eu não consigo para de pensar que se eu fosse uma menina branca, todo mundo iria acreditar que não tinha sido eu", reclamou a menina Késsya na cena.

Helô então discorda, dizendo que a desconfiança seria a mesma com qualquer outra pessoa. "Aqui as coisas não funcionam assim. Késsya, sabe qual é um dos maiores culpados pelo preconceito?", questiona Helô, ao que a menina responde: "Os racistas".

A coordenadora então rebate: "Não. A nossa cabeça. E para que os outros parem de ver a nós negros como diferentes, nós precisamos parar de nos ver como diferentes. Você ainda vai ter tempo para pensar sobre isso. Mas não se esqueça que para tudo mudar, a mudança precisa começar primeiro dentro da gente. Se você quer que os outros te vejam como igual, se veja como igual", e a menina concorda.

A cena foi compartilhada no Twitter e no Facebook nesta quinta-feira, 9, e muitas pessoas estão criticando o SBT. Muitos internautas opinam que o diálogo sugere que a culpa do racismo é dos negros e que a problemática é ainda maior por se tratar de uma novela voltada ao público infantil.

 

"Uma produção irresponsável cria conteúdo periogo. A ideia racista de quem espalha o racismo são suas vítimas sendo explicada didaticamente para a família toda em horário nobre", comentou uma telespectadora no Twitter.

No Facebook, a página Mãe Preta publicou um texto explicando por que a cena de As Aventuras de Poliana pode ser considerada problemática. "Deslegitimar a percepção de uma menina negra da situação de racismo que ela viveu e ainda ensinar a essa criança que o racismo é culpa dos negros que se enxergam diferente dos outros, a partir da voz de uma mulher negra, é violentar a nossa subjetividade e nos colocar como responsáveis por um sistema de exclusão criado e mantido para garantir o privilégio branco".

Internautas ainda comentaram em publicações recentes das atrizes Duda Pimenta e Elina de Souza para criticar a cena da novela.

Em nota, o SBT se defendeu, dizendo que a novela "tem o papel de debater questões sociais como o enfrentamento ao racismo", e exemplifica: "No capítulo 60, que foi ao ar  nesta terça-feira, houve a cena onde o texto exalta que racismo é coisa de gente ignorante.   E no capítulo 61, ainda no mesmo contexto, que foi ao ar ontem,  a coordenadora  do colégio quis convencer a menina  que aquele estereótipo de que o negro é sempre culpado à primeira vista não pode prevalecer, mostrando-a uma nova perspectiva. Se instalou uma polêmica que não existe! A novela é uma obra de ficção para entreter e não polemizar". 

Veja reações abaixo: