Olívia acusa Graça de ter manchado o vestido de Helena com alvejante em 'Carrossel'

- O Estado de S.Paulo

Capítulos de quarta-feira (6/4) a sexta-feira (8/4)

Olívia acusa Graça de ter manchado o vestido de Helena com alvejante

Quarta-feira, 6 de abril

Olívia estranha a preocupação de Suzana com Helena. A megera desconversa e diz que se preocupa com o bem-estar da professora. Olívia pede para Firmino chamar Graça e avisá-la que assim que terminar de falar com Suzana irá conversar com a faxineira. Firmino diz para a diretora que as pessoas ficam mais bem-humoradas após tirarem uma soneca. Olívia fica com sono, mas mais uma vez desconversa e manda o zelador ir trabalhar. A diretora pede para Suzana sair da sala para que ela possa conversar sozinha com a Graça. Dissimulada, Suzana pede para Olívia pegar leve com a faxineira e diz que ela é uma boa servente. Hora do intervalo, Jaime e Laura surtam com a demora na fila da lanchonete da escola, pois Graça não está lá. A faxineira está na sala da diretora. Olívia acusa Graça de ter manchado o vestido de Helena com alvejante. A faxineira diz que não foi ela e que até já falou com a professora. A diretora diz que foi ela, sim, e que lhe disseram isso. Graça descobre que existe alguém acusando ela. Olívia não acredita na faxineira e diz que o valor da saia será descontado de seu salário.

 

Graça diz que aprontou e pode se complicar com a diretora e Suzana​

Quinta-feira, 7 de abril

Graça fica muito triste e ao mesmo tempo furiosa. Ela pergunta se pode ser descontado em 10 vezes, mas a diretora diz que não, no máximo em três. Graça volta para a lanchonete. Suzana diz que não vai comer a comida de Graça, pois é ruim e tem um péssimo cheiro. Firmino diz que ela deve estar com frescura, pois a comida da faxineira é deliciosa. Suzana vai atrás de Graça e ironicamente pede desculpa por ter “queimado” a faxineira com a diretora, mas reforça que a justiça precisava ser feita, afinal, Helena é tão boazinha. Graça responde em tom irônico: “Ô flor, eu entendo. Você só quis fazer o que achava certo”. As duas selam as pazes, mas não dura muito. Graça oferece um cachorro quente para a professora, que aceita. A faxineira prepara um lanche com raiva e encharca o pão de molho. Assim que Suzana morde o lanche, cai molho por toda a roupa. A professora fica irada. Graça diz: “Nossa, que coisa chata. Molho de tomate é uma desgraça para tirar. Só sai com alvejante”. Suzana sai correndo atrás de Graça pelo pátio da escola. A faxineira grita muito e entra sem fôlego no meio da aula de Helena. Graça diz que fez besteira. Helena fica preocupada. Graça diz que aprontou e pode se complicar com a diretora e Suzana. Em conversa particular, a faxineira explica tudo o que aconteceu para Helena.

 

Olívia dá suspensão à classe de Helena​

Sexta-feira, 8 de abril

Helena explica à diretora que não foi Graça quem manchou sua saia. Olívia afirma que Graça está demitida e não voltará atrás. Olívia informa aos alunos que Graça foi mandada embora por ter atitudes absurdas. Os alunos contestam em coro que não é justo Graça ser mandada embora por manchar a roupa de Suzana e Helena, pois é só lavar que sai. Firmino tenta acalmar Graça. Graça afirma a Firmino que a saia de Helena não foi ela quem manchou, mas a blusa de Suzana, sim. Olívia dá suspensão à classe de Helena. A professora tenta defender seus alunos e questiona como Olívia irá explicar uma suspensão coletiva a Sr. Morales e ao MEC. Helena comenta com os alunos que eles tiveram uma atitude nobre ao defender Graça. Graça vai à sala de Olívia pedir desculpas.