Campanha pede que ator de 'The Crown' doe diferença salarial para combater 'pagamento sexista'

redação - O Estado de S.Paulo

Atriz protagonista da série recebeu menos do que o ator pelas primeiras temporadas; produtores pediram desculpas pelo caso e disseram ter interesse em ajudar

Claire Foy, mesmo interpretando a protagonista da série 'The Crown', recebeu menos do que o par Matt Smith, que faz o príncipe Philip.

Claire Foy, mesmo interpretando a protagonista da série 'The Crown', recebeu menos do que o par Matt Smith, que faz o príncipe Philip. Foto: Robert Viglasky/Netflix

Atualização às 10h40

Após a notícia de que a atriz Claire Foy recebeu menos do que Matt Smith - mesmo sendo a protagonista da série The Crown ao interpretar a jovem rainha Elizabeth -, os fãs estão pedindo a ajuda do ator na causa que defende os direitos das mulheres.

Uma campanha criada no site Care2 Petitions pede que a Netflix, detentora da produção, e Smith doem a diferença salarial entre os atores para o Time's Up Legal Defense Fund, que apoia vítimas de assédio e abuso sexual.

"Assinem minha petição, pedindo que Netflix e Matt Smith compensem essa diferença salarial sexista", diz o texto da campanha. Até a publicação desta nota, a petição tinha quase 25,6 mil assinaturas.

Segundo o jornal The Guardian publicou, os produtores da série pediram desculpas  aos atores pela diferença salarial. "Os atores não estão conscientes de quem recebe o que e não podem ser responsabilizados pessoalmente pelo pagamento de seus colegas", disse a nota.

Eles também acrescentaram que estão "interessados ​​em conversar com Time's Up do Reino Unido" e estão falando com o grupo de defesa da igualdade de gênero ERA 50:50 (Equal Representation for Actresses).

Na semana passada, segundo a revista Variety, os produtores de The Crown, Andy Harris e Suzanne Mackie, disseram que Smith, que interpretou o jovem príncipe Philip, recebeu mais do que Claire pelas duas primeiras temporadas.

Porém, eles acrescentaram que essa diferença seria corrigida nas próximas etapas. "Ninguém é pago mais do que a rainha", disse a diretora criativa Suzanne.

A notícia é boa para Olivia Colman, que foi escolhida para interpretar Elizabeth II na terceira temporada, mas não para Claire, uma vez que deixará a produção.