Caio Castro abraça Faustão dois anos após mal-entendido

Redação - O Estado de S.Paulo

O ator ainda afirmou que o ‘climão’ com o apresentador nunca existiu

Caio Castro e Faustão encerram mal estar criado na última participação do ator no 'Domingão do Faustão'.

Caio Castro e Faustão encerram mal estar criado na última participação do ator no 'Domingão do Faustão'. Foto: Daniela Ramiro/Estadão | Globo/Ramón Vasconcelos/Divulgação

Participando do quadro Ding Dong, do Domingão do Faustão, neste último domingo, 20, o ator Caio Castro aproveitou para acabar com qualquer conversa de que havia acontecido um ‘climão’ entre ele e o apresentador Fausto Silva durante sua última participação no programa.

"Eu queria aproveitar, já que faz muito tempo que eu não vinha aqui, e a última foi no Arquivo Confidencial, ficou uma impressão um pouco estranha. Eu quero te dar um abraço", disse Caio. Quando participou do quadro, em 2015, foi mostrada a história de uma menina doente cujo sonho era conhecer o ator. Ela havia falecido dias antes do programa, o que deixou Castro visivelmente abalado e incomodado.

"As pessoas acharam que a gente tinha brigado. E eu pensei: 'Eu, brigar com o Faustão?' Você é meu amigo", disse Caio após abraçar Fausto. “O Arquivo Confidencial tem surpresa pra mim e para o convidado. Às vezes a surpresa é boa, às vezes não é. Às vezes o cara reage de uma maneira aqui e depois pensa e releva alguma coisa. Mas acontece…”, respondeu o apresentador.

"Eu queria deixar bem claro. Pelo amor de Deus, você é meu irmão”, completou Caio, acabando com o mal-estar.

Relembre o episódio que originou o mal-estar entre Caio Castro e Faustão.

VEJA TAMBÉM: Os artistas que se odeiam - e não fazem a menor questão de esconder isso.