'Caí na armadilha', diz participante expulso do 'Power Couple'

Redação - O Estado de S.Paulo

Tumulto causado por Diego Grossi fez com que sua mulher, Fran, também precisasse sair do programa

Os participantes Diego, Marcelo e Marlon, que chegou a machucar seu braço ao tentar impedir uma confusão maior. 

Os participantes Diego, Marcelo e Marlon, que chegou a machucar seu braço ao tentar impedir uma confusão maior.  Foto: Reprodução de 'Power Couple Brasil' (2018) / Record TV

Diego Grossi e Franciele Almeida, casal expulso da atual edição do reality Power Couple Brasil, falaram sobre o episódio que levou a produção a afastá-los do programa.

"Nós somos um casal explosivo sim, que fala na cara, não leva desaforo, e acaba sendo um casal não problemático, eu diria, mas muito eletrizante", comentou Diego em entrevista ao Programa do Porchat

A expulsão ocorreu após um desentendimento dentro da van que transportava os participantes de volta à casa após saída para um bar com tema medieval. Enquanto um filme era exibido no interior do veículo, os participantes Diego e Anderson pediram ao motorista que colocasse uma música em vez do longa. Aí começou a confusão.

De acordo com relatos dos participantes, os dois estariam alterados pela bebida e, após Anderson hostilizar o motorista, Diego teria pedido para que ele parasse, partindo então para cima do colega.

O apresentador Gugu salientou que alguns momentos do reality não são gravados, como o interior dos quartos dos casais e o deslocamento para festas ou eventos fora da casa. 

"Agressões verbais, por mais questionáveis que sejam, não são passíveis de punição. Porém, atitudes que possam colocar em risco a integridade física dos competidores podem levar à retirada do participante do programa", contou, antes de anunciar a expulsão de Diego e Fran.

Na chegada da van à região da casa, alguns microfones chegaram a captar o fim da discussão.

"Deixa ele solto comigo aqui fora! Deixa ele solto aqui comigo! Deixa ele solto comigo que ele vai aprender o que é ser homem! Aqui não tá gravando!", bradou Diego.

Marlon tentou alertá-lo: "Diego, tá sim, tá sim. A câmera chegou". "Eu vou acabar com ele na final. Eu vou fingir que não aconteceu nada", completou Diego.

Marcelo foi apontado como um dos participantes que interviram para evitar a briga: "Nós não podemos deixar os caras 'se pegar'. Se pegar, não. Não pode ter agressão"

Nizo Neto deu sua versão dos fatos, posteriormente: "Os dois tavam enchendo o saco. Bêbados chatos clássicos. Chamando o motorista de 'baitola'. Muito chatos". "Tô falando sério. Porrada comendo dentro do carro. Quatro vezes teve que parar o carro! O Diego partindo pra cima do Anderson, por causa de uma bobagem", contou ao grupo das mulheres, já dentro da casa.

Anderson, por sua vez, se defendeu: "Fiz uma brincadeira com o motorista. Ele [Diego], por ser muito 'noiado', sempre brigando com todo mundo, acabou se sentindo lesado e acabou querendo agressão física"

Em entrevista ao Programa do Porchat, o eliminado Diego deu sua versão dos fatos: "O Anderson tava mais alterado e começou a sacudir a van, xingou todo mundo. Não tinha brincadeira. Começou por causa que estava rolando um filme, e ele queria escutar música, e eu também, porque a gente tava mais animadinho. Amiguíssimos, eu tava defendendo ele até."

"Aí ele encrencou com o motorista, que tava dirigindo no meio de uma BR. O que aconteceu na van não foi gravado, porque ali não tem áudio nem vídeo. Eu defendendo ele no momento, e, de repente, ele falou: 'Vou bater em você também!', porque eu estava defendendo o motorista da van. Achei estranho, até", complementou.

"Ele teve uma atitude errada, estava mais alcoolizado e eu, como sou pavio curto, o cara vem falar que vai bater em mim, aí eu fui pra cima. Queria dar um susto nele", disse Diego, que encerrou: "Não sei se foi de caso pensado ou não. Ali é um jogo, tá valendo dinheiro. Caí na armadilha dele, caí na pilha."

Já sua mulher, Fran, que também acabou sendo expulsa por conta de sua dupla, contou a reação que teve quando recebeu a notícia de uma possível agressão: "Impossível, o Diego não tem histórico de briga lá fora. A gente sai pra balada que homem fica puxando, empurrando, batendo na minha bunda, e ele fala: 'Fran, calma, fala pra ele sair de perto, chama o segurança...'".

Confira os vídeos abaixo:

VEJA TAMBÉM: Relembre os maiores barracos da 2ª edição do Power Couple Brasil

Antonio Chahestian / Record TV
Ver Galeria 10

10 imagens