'BBB: Inimigos do Fim': Apresentadores se encontraram para relembrar momentos do reality show

Beatriz França - Especial para o Estadão

Durante a dinâmica, Tadeu Schmidt improvisou discurso para própria eliminação como forma de anunciar suas férias

No 'BBB: Inimigos do Fim', Tadeu Schmidt se encontrou com Ana Clara, Bruno De Luca, Rafa Kalimann e Ruhdson.

No 'BBB: Inimigos do Fim', Tadeu Schmidt se encontrou com Ana Clara, Bruno De Luca, Rafa Kalimann e Ruhdson. Foto: Twitter/@multishow

Nesta sexta-feira, 29, mais um programa do Big Brother Brasil 22 foi ao ar. Dessa vez, o Inimigos do Fim, transmitido no Multishow, teve a presença de Ana Clara, Bruno De Luca, Tadeu Schmidt, Rafa Kalimann e Ruhdson que se reuniram pela primeira vez ao vivo.  

Assim que o programa começou, Ana Clara chamou o apresentador do BBB 22 para fazer parte do programa ao lado deles.

"O grande líder do BBB 22. O mais amado dessa edição. A gente? Foi com Deus. Não morou na casa do BBB, mas praticamente se mudou para os Estúdios Globo. [...] Vem pra cá, Tadeu Schmidt", anunciou a ex-BBB.

 

 

O programa relembrou momentos de Tadeu, teve Jogo da Discórdia com Paulo Vieira e Dani Calabresa, jogo da memória dos acontecimentos da 22ª edição do reality, perguntas do público e até discurso de eliminação. Confira os detalhes:

 

Os discrusos de Tadeu

 

 

Logo de cara, os apresentadores perguntaram como Tadeu Schmidt escrevia os discursos de eliminação e se ele conferia nas porcentagens quem estava na frente para sair da casa.

"Varia, né? Tinha três tipos de discursos diferentes, o que era um suspense total, outro de passar uma mensagem pra casa. No começo precisamos passar mensagens para casa. E tinha o discurso especial para alguém que estava saindo e tinha muita coisa pra ser dita", explica.

 

As torcidas do 'BBB'

 

 

Vindo do jornalismo esportivo, Tadeu Schmidt já estava acostumado com a loucura e fanatismo das torcidas. E no BBB não foi diferente. "Esse tipo de sensação que temos no Big Brother é exatamente igual ao do Futebol", fala.

Ele explica que quando era no esporte, mesmo que o time tivesse ido mal no jogo, o torcedor não queria que ele falasse isso. Além dessa necessidade, os torcedores sempre tentavam acertar qual o time de Tadeu e no BBB era a mesma coisa: o público tentava acertar o seu favorito.

"Sempre falavam que eu torcia para todos os times. Flamengo, Palmeiras, Corinthians... Todos. No BBB, falavam de um monte de gente. Então, tá tudo certo", conta.

 

Tadeu recebe homenagem da família

 

 

No programa, o apresentador do BBB foi surpreendido com um recado emocionante de sua mulher e as duas filhas. Durante o vídeo enviado para a produção, elas relembraram o momento em que tiveram uma "Casa de Vidro" na própria residência e Tadeu se rendeu às lágrimas. 

Na época, a família fez isso como forma de prevenir a covid-19. Após o momento de emoção, Tadeu ainda viu as três mulheres de sua vida participando do programa ao vivo, por vídeo chamada.

Essa participação quase entregou o favorito de Tadeu, mas ficou tudo sob controle. "Cada uma tinha uma torcida diferente, então era reclamando..", disse Ana Cristina. "Não pode comprometer a gente", pediu o apresentador aos risos.

 

Jogo da Discórdia com Dani Calabresa e Paulo Vieira

 

 

Relembrando às segundas-feiras do BBB 22, mas de uma forma mais leve, Dani Calabresa e Paulo Vieira participaram de um Jogo da Discórdia. Mas, ao contrário dos outros apresentadores, a aparição dos dois não foi ao vivo e isso até deixou Paulo "chateado".

"Não vamos participar disso. Tem um especial com os apresentadores e a gente não foi convidado", desabafou Paulo Vieira. Em seguida, ele volta atrás e participou da dinâmica ao lado da colega de programa.

A primeira pergunta da brincadeira foi sobre o ex-BBB Eliezer: quem escolheu ele para o elenco do reality? "Eliezer é o tipo de 'cagada' que só pode ser de chefe. Eu não vi cabeças rolarem, então só pode ter sido o Boninho", respondeu Paulo.

 

 

Na segunda pergunta eles foram questionados sobre quem "metia mais medo": o Big Boss ou as torcidas? "As torcidas", respondeu o humorista sem pensar duas vezes. "E a mulher do Arthur Aguiar", completou Dani Calabresa. 

"Qual casal vai faturar mais em publipost aqui fora?", foi a terceira pergunta. "P.A. e Scooby", respondeu Paulo Vieira, seguido de momentos divertidos dos atletas.

Na quarta pergunta, eles tiveram que responder quem teria uma brilhante carreira de reality daqui pra frente. A opção de Dani foi o Lucas, da piscadinha: "Ele não iria não? Ele vai pelos produtos de graça. O que ele puder, ele vai levar". 

Por último, os dois apresentadores tiveram que completar a frase de uma música - que marcou o programa: "A gente não vai errar, não, e a se a gente errar...". "A gente vai flopar", respondeu o humorista. "A gente fica, 'tá flopado, tá flopado', mas todo mundo fala do BBB", defendeu Dani.

Em seguida, a humorista perguntou para o colega o que ele escolheria: No Limite ou Saltibum. "Boninho mandou", explicou Calabresa. "Vocês têm que entender que eu não tenho medo de Boninho. No meu outro emprego eu lidava com bispo, meus anjos. [Boninho] É um santinho que a gente coloca na carteira", disse Paulo Vieira enquanto beijava um card com o rosto do diretor.

 

Quizz 'BBB'

 

 

De volta ao estúdio, Ana Clara, Bruno, Rafa, Ruhdson e Tadeu participaram do "Quiz BBB". Com muita vontade de ganhar, Ana Clara tentou de todas as formas relembrar o que aconteceu na casa para sair na frente. 

A estratégia estava indo bem, mas a apresentadora empatou com Tadeu Schmidt. Já Bruno De Luca seria rebaixado se a disputa tivesse valendo alguma coisa, pois ele acertou zero perguntas e foi comparado com Eli, que ganhou o apelido de "Eliezero" durante o programa. 

 

Respondendo o público

Em outro momento do programa, os cinco apresentadores responderam algumas perguntas do público. Numa espécie de roleta virtual, as perguntas foram feitas de forma aleatória.

 

 

Tadeu Schmidt não revelou qual eliminação foi mais difícil para ele, mas contou quais discursos teve dificuldade de falar na eliminação. Foram eles: Linn da Quebrada e Naty. "Da Lina, que foi o primeiro, eu achava que não conseguiria falar", disse.

Ainda na roleta, um telespectador perguntou sobre o suposto pix de R$ 10 mil de Rafa Kalimann para a confraternização da equipe do BBB. "A 'fic' dos R$ 10 mil. Temos uma pessoa que é muito amiga e especial, e ele foi em cada um de nós falando que 'fulano daria x e que não poderíamos dar menos que isso'. Só que ele colocava um valor muito acima", começou Rafa.

 

 

"Tem pessoas como Paulo Vieira que caíram nisso e era a maior mentira. [...] Eu não dei R$ 10 mil. A Ana foi a régua do negócio porque começou nela", concluiu Rafa. "Ah, então quem deu mais foi a Ana Clara?", perguntou Bruno De Luca aos risos. 

 

Último discurso de eliminação de 2022

No improviso, Tadeu Schmidt mandou mais um discurso de eliminação e dessa vez o suspense foi do início ao fim. "Então é isso... Chegou a hora. Quando eu terminar seremos... Sei lá", disse em tom de brincadeira.

"Eu nunca imaginei que poderia ser desse jeito. Você dirigiu mais de seis mil quilômetros. Ficou mais de 150 horas dentro de um carro. Mas a quantidade de carinho e de amor que você recebeu daria 150 mil voltas no Planeta Terra. Você dormiu pouco, mas viveu muito. Quatro, cinco horas de sono... Esquece esse número", continuou.

 

 

"Pensa em outro número. 22. 22 seres humanos maravilhosos agora estão conectados com seu coração. 22, aliás, é seu número da sorte. Mas posso te contar um segredo? 23 também é. Só que agora chegou a hora de reabastecer seu tanque de lágrimas, porque chorar de felicidade nunca é demais. Agora você precisa descansar. Quem sai hoje é você... Tadeu Schmidt. Você sai de férias", finalizou o apresentador, em uma "auto eliminação".