Artistas fazem estátua de assediador de Hollywood antes do Oscar

Redação - O Estado de S.Paulo

A obra foi colocada próxima ao local onde ocorrerá a maior premiação da indústria cinematográfica neste domingo, 4

Estátua de Harvey Weinstein em Hollywood

Estátua de Harvey Weinstein em Hollywood Foto: Damian Dovarganes / AP

Dois artistas plásticos colocaram uma estátua do produtor Harvey Weinstein, acusado por muitas atrizes de assédio e até de estupro, próxima ao local onde ocorrerá a cerimônia do Oscar neste domingo, 4. A obra foi feita para protestar contra os escândalos de assédio em Hollywood.

A obra representa Harvey em tamanho real vestindo apenas um roupão de banho. Ele possui uma estatueta do Oscar em sua mão e mantém um dos braços abertos no sofá, como se convidasse todos que passam a se sentar com ele. Intitulada Casting Couch [Teste do Sofá, em tradução livre] remete à troca de favores sexuais por papéis em filmes.

"Esperamos que agora, à luz das recentes alegações contra muitas pessoas importantes de Hollywood, a indústria cinematográfica torne suas atitudes mais limpas”, disse o artista Plastic Jesus ao The Hollywood Reporter.

Ele é um dos idealizadores da obra e é conhecido por fazer protestos anuais perto do Oscar para denunciar a indústria do cinema. A estátua deste ano está na Hollywood Boulevard, avenida onde se encontra a Calçada da Fama.

O outro artista envolvido na elaboração da estátua é Joshua ‘Ginger’ Monroe, que causou polêmica ao criar uma estátua de Donald Trump pelado em 2016. Ele falou que a estátua representa as práticas e métodos utilizados por pessoas importantes de Hollywood.

“Eles têm dinheiro e poder para arrumar trabalhos e usam isso para sua satisfação sexual. Não há maneira melhor de visualizar isso do que com essa estátua do teste do sofá”, explicou Joshua.

Não é a primeira denúncia contra os assédios na indústria cinematográfica que ocorre próxima ao Oscar. Outro protesto surgiu a partir de três cartazes com menções aos crimes praticados por grandes nomes de Hollywood. A ideia foi inspirada no roteiro do filme Três Anúncios para Um Crime, que concorre na categoria de melhor filme deste ano.

 

VEJA TAMBÉM: Personalidades que já se envolveram em casos de assédio ou abuso sexual

https://www.instagram.com/p/BPYs0c9lVrA/ / Globo/Paulo Belote / Epitácio Pessoa/AE
Ver Galeria 22

22 imagens