Apresentadora negra recebe ameaças de morte após criticar Trump

Redação - O Estado de S.Paulo

Eboni K. Williams trabalha na Fox News, emissora que costuma trazer visão favorável ao presidente dos EUA

A apresentadora da Fox News, Eboni K. Williams, recebeu ameaças de morte após criticar Donald Trump em um programa da emissora.

A apresentadora da Fox News, Eboni K. Williams, recebeu ameaças de morte após criticar Donald Trump em um programa da emissora. Foto: Instagram / @ebonikwilliams

Após criticar a resposta do presidente dos Estados Unidos Donald Trump aos protestos de Charlottesville em um programa na emissora Fox News, na última segunda-feira, 14, a apresentadora Eboni K. Williams vem sofrendo forte assédio de apoiadores do presidente em seu site oficial e redes sociais.

Conversando com a revista Variety, Eboni disse que normalmente recebe entre 10 e 15 e-mails após uma de suas participações no programa, mas após criticar Trump recebeu mais de 150 mensagens, e somente três delas foram elogios. As outras continham desde insultos até ameaças de morte. A situação não é diferente nas suas redes sociais, que foram inundadas por críticas.

“Quando você não dá uma resposta firme contra o que aconteceu em Charlottesville, pra mim é uma aprovação tácita”, disse a apresentadora. “Na realidade não importa a opinião de Trump sobre o assunto, porque os supremacistas brancos de Charlottesville agiram como se estivessem em nome do presidente dos Estados Unidos”, completou.

“Eu realmente acredito no que Trump disse durante a campanha eleitoral de 2016, que poderiam atirar nele no meio de Nova York e seus apoiadores ainda o defenderiam”, concluiu. Temendo pela segurança pessoal de Eboni, a emissora designou seguranças para a apresentadora fazer o trajeto entre sua casa e o trabalho.

VEJA TAMBÉM: Alguns dos momentos mais desconcertantes do mandato de Trump até agora.