Âncora da CNN revira os olhos durante entrevista com conselheira da Casa Branca

Redação - O Estado de S.Paulo

Reação de Anderson Cooper virou assunto nas redes sociais

Anderson Cooper, âncora da CNN. 

Anderson Cooper, âncora da CNN.  Foto: REUTERS/Aaron P. Bernstein

Na última quarta-feira, 10, o jornalista da CNN Anderson Cooper entrevistou a conselheira da Casa Branca Kellyanne Conway sobre a demissão do diretor do FBI James Comey pelo presidente Donald Trump.

O âncora perguntou sobre como ela lidou com a investigação dos emails de Hilary Clinton na época da eleição. "Agora a Casa Branca está dizendo que o que ele fez foi errado, mas antes, como candidato, Donald Trump dizia que era a coisa certa", disse o jornalista.

A conselheira, porém, desviou do assunto. "Você está relacionando duas coisas que não têm nada a ver. Obrigada pela memória que você me trouxe. Eu estava em seu programa no último outono dizendo que nós iríamos ganhar Michigan, e como nós iríamos fazer isso. Foi divertido".

Enquanto ela dava essa resposta, Cooper revirou os olhos. A reação do jornalista virou assunto nas redes sociais, e até James Corden, apresentador do Late Late Show deu sua opinião. "Melhor. Virada de olhos. De todas", tuitou. Já o ator George Takei disse: "A virada de olhos épica de Anderson é justamente a reação para Kellyanne que nós precisávamos". 

 

'A virada de olhos para Kellyanne é TUDO'

 

'Não poderia ter feito melhor'

Algumas pessoas, porém, acusam o jornalista de ser sexista e misógino por ter reagido dessa forma à fala de uma mulher. Mais tarde, durante entrevista ao Fox and Friends, a própria Conway disse: "Eu encaro sexismo muitas vezes quando eu apareço para entrevistas como essa".