'Amor de mãe e filha não tem pandemia', diz Jorge Furtado sobre 'Amor e Sorte'

André Carlos Zorzi - O Estado de S.Paulo

Episódio de estreia de série gravada na quarentena é protagonizado por Fernanda Montenegro e Fernanda Torres

Fernanda Montenegro e Fernanda Torres em episódio de 'Amor e Sorte'

Fernanda Montenegro e Fernanda Torres em episódio de 'Amor e Sorte' Foto: Globo / Divulgação

Amor e Sorte, série da Globo gravada durante a pandemia por artistas que morem juntos ou sejam da mesma família, estreia na próxima terça-feira, 8, com o episódio Lúcia e Gilda, protagonizado por mãe e filha, Fernanda Montenegro e Fernanda Torres.

Na tarde desta quarta-feira, 2, o Estadão participou de uma coletiva virtual com a presença das atrizes e de outros nomes envolvidos na produção, como Jorge Furtado, Antonio Prata, Chico Mattoso, Andrucha Waddington e Pedro Waddington.

A história começa com uma filha que leva sua mãe para o isolamento em um sítio na serra do Rio de Janeiro por conta da pandemia do novo coronavírus. A relação entre as duas, que era ruim, então, começa a melhorar.

Fernanda Montenegro, Fernanda Torres e Andrucha Waddington durante as gravações de 'Amor e Sorte'

Fernanda Montenegro, Fernanda Torres e Andrucha Waddington durante as gravações de 'Amor e Sorte' Foto: Globo / Divulgação

Ao todo, foram quatro meses de gravação. "Nos encontramos de uma forma muito... Não 'pegajosa', mas amorosa, essencial. Muito humana, sem demagogia. [...] Acho que saímos mais completos, experimentados diante da vida e da sobrevivência nesse momento", comentou Fernanda Montenegro.

Antonio Prata, um dos escritores do episódio, comentou sobre a relação entre as personagens: "Essa filha provavelmente votou no Amôedo no primeiro turno e Bolsonaro no segundo. Essa mãe é esquerda do PSOL, e os dois personagens são bonitos. A gente não fez uma como vilã".

Fernanda Torres, que interpreta uma vegetariana, complementou: "a mãe chama ela de 'direita guilhotina' e ela chama a mãe de 'esquerda carnívora'".

Mãe e filha em cena

Lúcia e Gilda será o único episódio de Amor e Sorte que não terá um casal como protagonista - nos outros, há a presença de Lázaro Ramos e Taís Araújo, Emilio Dantas e Fabiula Nascimento e Caio Blat e Luisa Arraes. 

O diretor Jorge Furtado falou sobre a diferença: "No caso dos casais, o casamento pode entrar em choque, em combustão, desmoronar numa convivência forçada de quatro meses." 

"O amor de mãe e filha não tem pandemia, ele vai sobreviver de qualquer maneira. Não existe relação mais sólida. Não importa o que vai acontecer, elas serão mãe e filha, sempre", continuou.

Fernanda Montenegro e Fernanda Torres durante as gravações de 'Amor e Sorte'

Fernanda Montenegro e Fernanda Torres durante as gravações de 'Amor e Sorte' Foto: Globo / Divulgação

"Voltei para análise por causa disso", riu Fernanda Torres. Já sua mãe comentou: "Se eu estou interpretando um personagem com outra atriz, [se] é minha filha, não é minha filha... Não levo comigo esse sentimento de maternidade."

"Nós temos uma vocação. Um encontro de mulheres, atrizes, e, por acaso, somos mãe e filha. Agora, fora de cena, aí sim, é outra coisa. Fecham-se as portas e estamos dentro de uma família", concluiu Fernanda Montenegro.

'Retrocesso' na cultura

Durante a coletiva, Fernanda Montenegro criticou o atual momento vivido pela arte no Brasil: "Quero falar da condenação que está havendo em torno da cultura. Isso é uma imbecilidade, uma pretensão, um retrocesso gigantesco e trágico."

A atriz ainda afirmou que se trata de um "ciclo que vai passar". Clique aqui para ler a íntegra de seu depoimento sobre o tema.

Contracenando com bode

A presença de animais também faz parte do episódio de estreia de Amor e Sorte, com cenas que devem envolver uma galinha e também um bode. 

Gravações de 'Amor e Sorte' contaram com 'participação especial' do bode Juvenal

Gravações de 'Amor e Sorte' contaram com 'participação especial' do bode Juvenal Foto: Globo / Divulgação

"Era um bode incrível, com chifre torcido. Ele viveu com a gente uma semana", relembrou Fernanda Torres, que citou também o "cheiro forte" do animal, que fazia com que tivessem que lavar suas roupas logo em seguida.

A ideia original era contar com uma cabra. Porém, a produção conseguiu apenas um bode, que foi 'emprestado' pelo caseiro de um sítio vizinho.

Episódios de Amor e Sorte

Amor e Sorte estreia na próxima terça-feira, 8 de setembro, após a novela das 9 (Fina Estampa nos dias 8 e 15, e A Força do Querer nos dias 22 e 29). Ao todo, serão quatro episódios, exibidos às terças-feiras. Confira a lista abaixo.

1º episódio de Amor e Sorte

Lúcia e Gilda (Fernanda Montenegro e Fernanda Torres) - 8 de setembro

2º episódio de Amor e Sorte

Linha de Raciocínio (Lázaro Ramos e Taís Araújo) - 15 de setembro

3º episódio de Amor e Sorte

Territórios (Fabiula Nascimento e Emilio Dantas) - 22 de setembro

4º episódio de Amor e Sorte

A Beleza Salvará o Mundo (Luisa Arraes e Caio Blat) - 29 de setembro

Assista a um teaser da série abaixo:

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus