‘Alarma TV’ mostra notícia de sexo tântrico antes de programação infantil no SBT

Redação - O Estado de S.Paulo

Programa chegou a ser retirado do ar por causa da baixa audiência, mas voltou à grade da emissora

Trecho do programa 'Alarma TV', que vai ao ar pelo SBT.

Trecho do programa 'Alarma TV', que vai ao ar pelo SBT. Foto: Reprodução/SBT

Cenas de pancadaria, discussões, violência, além de notícias sobre rituais espirituais de diversos países do mundo e situações bizarras fazem parte da programação de Alarma TV, atração que voltou à grade do SBT nesta quinta-feira, 3, um dia após ser retirado do ar.

Antes, o jornal ia ao ar às 19h20, depois da novela Abismo de Paixão. Agora, Alarma TV está sendo exibido às 10h30, antes de desenhos animados como Tom & Jerry.

Na quarta-feira, 2, a assessoria de imprensa do canal confirmou para a reportagem do E+ que a atração havia saído do ar “por causa da baixa audiência”. No dia seguinte, o programa voltou a ser exibido. 

Na edição desta quinta, o Alarma TV chegou a veicular uma notícia sobre sexo tântrico.

Os internautas criticaram. “No lugar desse programa, deveria colocar o desenho animado para criança assistir”, escreveu um seguidor.

 

Anunciado como ‘o jornal mais violento do mundo’, Alarma TV mais parece uma série daquelas no estilo ‘vídeos mais incríveis do mundo’, em que os apresentadores narram acontecimentos catastróficos, com dezenas de mortes, ou notícias bizarras sem contextualização como data do ocorrido e circustâncias.  

A atração é americana e foi criada para alcançar o público hispânico que mora nos Estados Unidos. Lá, o programa vai ao ar às 22h.

 

Janice Villagrán e Sergio Catalán, apresentadores do 'Alarma TV'.

Janice Villagrán e Sergio Catalán, apresentadores do 'Alarma TV'. Foto: Reprodução/SBT